Taís Araújo orientou Giovanna Ewbank sobre racismo na infância quando Titi chegou na família

0
Taís Araújo orientou Giovanna Ewbank sobre racismo na infância quando Titi chegou na família
Foto: Reprodução.

A atriz Taís Araújo foi a convidada desta semana do podcast “Quem Pode, Pod!”, de Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme. No episódio, exibido nesta terça-feira (2), Giovanna relembrou que sua relação com a atriz de Cara e Coragem começou após um telefonema que Taís fez para Givanna, após a adoção de Titi, filha mais velha de Ewbank e Bruno Gagliasso.

“A nossa relação começou assim que a Titi chegou no Brasil e você me ligou. A gente nunca tinha se falado. E você me falou: ‘estou muito feliz com a sua maternidade e disponível para conversar sobre o que quiser. Conte comigo para o que você precisar. Agora você faz parte de nós”, relembrou Giovanna.

“Você me falou sobre a sua escola, que você estudou em uma escola particular e sempre viu na tua escola mulheres pretas em posição de servir e você me falou: eu só te peço que você tenha essa visão na hora de escolher a escola da tua filha, e eu tô aqui pra te ajudar, eu tô aqui para o que você precisar. Você me deu um parâmetro que eu não tinha e que eu comecei a ver através de você”, disse Giovanna.

Taís, então, disse que foi movida pela preocupação com o que Titi poderia passar em um contexto familiar onde as pessoas não se pareciam com ela e por saber que “A infância de uma criança negra neste país é muito dura”. “O que me moveu foi a Titi. Eu pensei: o que vai ser dessa menina, preta, africana, criada por dois loiros dos olhos azuis, em um mundo que está a serviço deles? A Giovanna não sabe da missa a metade, não faz vaga ideia, porque ela foi movida pelo amor”, relembrou Taís.

Falando sobre sua própria experiência de vida enquanto uma menina negra de classe média, Taís também ponderou os privilégios a que Titi terá acesso pelas condições financeiras, mas que isso não a blindará do racismo. “É claro que ela vai ter muitos privilégios, poder ir para vários lugares, comprar várias coisas, mas ao mesmo tempo, é de uma solidão imensa”, ponderou.

O episódio do podcast foi gravado antes do caso de racismo que Titi e Bless passaram no último final de semana, durante uma viagem da família a Portugal.

Confira a íntegra do podcast:

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display