A cantora Beyoncé enfrentou novas críticas após utilizar um termo considerado pejorativo em seu novo álbum ‘Renaissance’. Dentro da música ‘Heated’, o termo ‘spaz’ causou incômodo, pois em muitas situações é utilizado para rebaixar pessoas com paralisia cerebral espástica. No registro em questão, Beyoncé canta: “Spazzin’ on that ass, spazz on that ass”. Quando traduzido isoladamente, o termo pode significar “retardado”, “anormal”, “ter espasmos anormais”.

Na área médica, o termo ‘espástico’ refere-se a uma deficiência que torna difícil para as pessoas controlarem seus músculos, especialmente em seus braços e pernas.

Beyoncé em ‘Renaissance’. Foto: Divulgação.

“Beyoncé tem sido uma defensora da inclusão e da igualdade, então pedimos a ela que remova essa letra ofensiva”, disse a instituição de caridade Scope, responsável por chamar atenção da equipe da cantora. “O compromisso de Beyoncé em contar histórias musical e visualmente é incomparável, assim como seu poder de fazer o mundo prestar atenção às narrativas, lutas e experiências vividas matizadas de ser uma mulher negra”.

A equipe da cantora norte-americana confirmou, via comunicado oficial, que a letra será removida. “A palavra, não usada intencionalmente de maneira prejudicial, será substituída”, disse a declaração enviada à revista Variety.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments