Abolição da escravidão é o fato mais importante da História do país para os brasileiros, mostra pesquisa; confira o ranking

0
Abolição da escravidão é o fato mais importante da História do país para os brasileiros, mostra pesquisa; confira o ranking

Em meio à ampliação do debate na sociedade sobre racismo e desigualdade racial, a abolição da escravidão, em 13 de maio de 1888, foi apontada como fato mais importante da História do país pelos brasileiros. Pesquisa inédita encomendada pelo Observatório Febraban ao Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) mostra que a assinatura da Lei Áurea foi citada como primeira resposta de 31% dos entrevistados, ao serem questionados sobre os momentos mais significativos do Brasil.

Prestes a completar 200 anos, a independência, em 7 de setembro de 1822, aparece na segunda posição, com 18% de preferência. Em seguida, com 8%, estão a proclamação da República, em 15 de novembro de 1889; o fim da ditadura militar, que levou à redemocratização do país, em 1985; e o impeachment da ex- presidente Dilma Rousseff (PT), em 2016.

Outros momentos recentes, como a Operação Lava-Jato, o Plano Real, o impeachment do ex-presidente Fernando Collor e a implementação do Bolsa Família, também aparecem com destaque.

Para o sociólogo Antonio Lavareda, presidente do conselho científico do Ipespe, que falou com O Globo sobre o assunto, fatores estruturais, como a alta proporção de negros na população brasileira (54%, de acordo com o IBGE), e conjunturais, como o fato de o combate ao racismo ter se consolidado como uma agenda no Brasil e no resto do mundo nos últimos anos, ajudam a explicar a importância atribuída ao momento histórico:

“De um lado, é sabido que o Brasil foi o último país da América a abolir a escravidão, e isso tem significado para a população negra. Do outro, entrou para a agenda global a discussão sobre os efeitos perniciosos da desigualdade racial. Isso foi muito forte em 2020 e 2021.” Explicou. 

Os dados indicam ainda que a abolição da escravidão foi mais citada pelos mais jovens, com 18 a 24 anos. Nesse grupo, o percentual chega a 40%, ante 25% na população acima de 60 anos. Não há diferença tão significativa nos recortes por escolaridade e renda.

Veja ranking dos mais lembrados

  1o – Aboliação da Escravidão, 1888

 2o – Independência do Brasil, 1822

 3o – Proclamação da República, 1889

 4o – Redemocratização pós-Ditadura, 1985

 5o – Impeachment Dilma Rousseff, 2016

  6o – Operação Lava-jato, 2014-2021

 7o – Implantação do Real, 1994

 8o – Criação do Bolsa-Família, 2003

 9o – Impeachment Fernando Collor, 1992

  10o – Golpe de 1964 e o regime militar

Comments

No posts to display