Tradição X Urbanidade : como nossos ancestrais viveriam nos dias de hoje?

2254
869

Por Da Bia Eutopia

ancestralidade2

Ancestralidade é o nome dado ao processo divino de continuidade da vida. Já a tradição é a continuação de um ritual/crença ou costume de um grupo, família, religião etc.

Dentro da modernidade urbana globalizada que prega a ruptura das tradições, nós tentamos resistir e manter vivas nossa tradicionalidade religiosa e nossa negritude. A religiosidade para o negro é o maior símbolo de resistência, desde a escravização, quando ele se vê obrigado a utilizar do sincretismo para disfarçar e manter sua verdadeira fé, até os dias de hoje quando é discriminado, desrespeitado e é ainda mais rejeitado quando assume a crença nos Orixás/Voduns/Nkisis/Encantados/Divindades etc.

Dentro do espaço urbano, onde não existem florestas ou grandes quantidades de vegetação é cada dia mais difícil manter alguns aspectos do culto vivo, sabemos que nem tudo se resolve dentro do terreiro, portanto, onde fazemos nossas oferendas??! Onde encontramos as folhas na cidade, que são essenciais para os trabalhos?!

ancestralidade3

O que era mata virou cimento ou asfalto e nos adaptamos bem a isso (as esquinas e encruzilhadas são um bom exemplo) e muitas vezes as praças funcionam como mata na hora de fazer “aquela” entrega sagrada. Neste ensaio produzido e idealizado por Beatriz Natália e fotografado por Marcos William, colaborando como modelos: o fotógrafo: Charles Costa e o músico: James Bantu discute-se essa interação: natureza X concreto, tradição X urbanidade, onde e como viveriam os ancestrais se estivessem entre nós nos dias atuais?! A margem?! talvez, mas sempre seguindo as tradições como nós fazemos, ou tentamos, mesmo diante de todo o rechaçamento dos demais.

ancestralidade5

 

 

ancestralidade4

Comments