Taís Araujo e Lázaro Ramos estreiam série gravada remotamente

0
512

Idealizada por Jorge Furtado, a série “Amor e Sorte”, com estreia prevista para setembro na Globo, traz histórias de quatro duplas de atores “quarentenados”, sendo o último formado por mãe e filha que cumprem juntas o isolamento social.
Os episódios têm duração de 25 minutos cada um e foram gravados pelos protagonistas de cada história em suas próprias casas, de forma remota. As tramas têm objetivo de fazer rir e passar mensagens de esperança sobre a pandemia do novo coronavírus.

Um dos episódios é protagonizado por Taís Araujo e Lázaro Ramos. Com a casa onde vivem como cenário, eles interpretam um casal confinado que, ao divergir sobre uma questão ideológica, chega a uma grande discussão matrimonial turbinada pelos nervos à flor da pele.

Cada episódio terá tema, atores e autor diferentes. No episódio de Taís e Lázaro, os personagens aos quais eles dão vida abusam dos dramas do dia a dia.
Caio Blat e Luisa Arraes protagonizam o segundo episódio “A Beleza Salvará o Mundo”, interpretando texto escrito por eles próprios e de Furtado.
Em outro episódio, que ainda não teve o nome divulgado, Emilio Dantas e Fabiula Nascimento protagonizam a história de um casal que caminha para o divórcio quando o isolamento começa.
O quarto episódio será protagonizado por Fernanda Montenegro e Fernanda Torres e é o único que não se enquadra na produção remota. Com direção de Andrucha Waddington, marido de Fernanda Torres, as imagens foram feitas pelos filhos do casal, Pedro e Joaquim. Na trama, mãe e filha precisam lidar com o isolamento social e seus fantasmas do passado.

Comments