‘Space Jam – Um Novo Legado’: Os protagonistas são negros, mas brancos dominaram divulgação brasileira

0
1142

Space Jam – Um Novo Legado” chegou aos cinemas, trazendo Lebron James como astro e um elenco majoritariamente negro, no entanto a Warner Pictures Brasil escolheu uma maioria de influenciadores brancos para fazer a divulgação do filme por aqui. Embora as peças de divulgação do longa tragam atores negros em destaque, como Don Cheadle (Al-G), Zendaya (Lola Bunny) e Ceyair J Wright (Lebron Jr), quem deu rosto para publicidade nas redes sociais da Warner Brasil foram Marcos Mion,Matheus Canella,Octavio Buzz e outras personalidades brancas.

Space Jam Um Novo Legado: Zendaya comenta polêmica envolvendo Lola Bunny
Imagem: Divulgação

Para o influenciador Gerson Saldanha, que sempre comenta as novidades do cinema em suas redes, nada surpreende no posicionamento da distribuidora. “Como uma pessoa que acompanha os filmes desde quando surgem os primeiros rumores, tem sido decepcionante ver, quando eles chegam no Brasil, os influenciadores que falam dos assuntos inerentes às produções sendo esquecidos quanto às ações promocionais”, escreveu. “Não estou querendo dizer que apenas negros devem falar de filmes negros, mas as distribuidoras precisam ter um pouco mais de senso, ou assistir os filmes que elas distribuem”, complementa Saldanha.

Algo parecido aconteceu quando a marca de maquiagem da cantora Rihanna, Fenty Beauty, chegou ao Brasil. Mulheres brancas capitanearam as divulgações feitas pela Sephora Brasil (originalmente  a cantora idealizou os produtos para peles negras, que são pouco visadas neste mercado).

Em entrevista para revista Meio&Mensagem, em 2020, Ricardo Silvestre, dono do projeto Black Influence observou a falta de visão das marcas ao invisibilizar influenciadores negros na hora da divulgação. “Infelizmente os influenciadores negros não são devidamente reconhecidos e valorizados pelas marcas. Essa é uma das vertentes pela qual eu luto muito muito no mercado, inclusive. Essas pessoas são procuradas geralmente em novembro, que é o Mês da Consciência Negra, que é quando as marcas decidem falar com a comunidade negra”, disse.

Gerson Saldanha comentou lembrou em seu perfil do Instagram que há perfis negros que falam sobre cultura pop com propriedade e poderiam ter participado da divulgação de “Space Jam – Um Novo Legado” no Brasil. Esse aspecto também foi ressaltado por Silvestre em entrevista. “Quase 100% das vezes eles são chamados para falar sobre racismo e pautas raciais. Aí também temos um outro super desafio que é mostrar que essas pessoas falam sobre diversos temas e com muita propriedade”, declarou.

Gerson Saldanha (Imagem: Instagram)

“Falta um pouco mais de interesse em se aprofundarem na questão que influenciadores negros falam sobre aquele assunto. Ficam sempre focados em pessoas que eles conhecem e não se aprofundam. Vamos pesquisar s etem algu micro, pequeno ou médio influenciador negro que fale sobre filme ou basquete. Se o filme não fala sobre questões raciais, mas o vilão é negro, o protagonista é negro, a dubladora  de maior destaque é negra, pessoal por trás das câmeras é negro,então precisa falar mais nada. Isso significa que rola um interesse por parte de quem começou com a ideia do filme de ter essa representatividade, aí chega no Brasil…”, diz Saldanha, que não concorda que a escolha seja feita baseada em números. “Já rolam vários estudos que falam que se a pessoa tem um número grande seguidores ela vai vender um produto com mais eficácia do que alguém que é daquele nicho mas  tem  número menor de seguidores”, conclui.

No longa, o super astro do basquete LeBron James se junta à gangue Looney Tunes para derrotar o Goon Squad e salvar seu filho dentro de uma dimensão paralela em que humanos interagem com desenhos animados.

O filme está em exibição nos cinemas.

Comments