Série ‘Narrativas Negras’ que retrata o candomblé e a cultura afro-brasileira estreia dia 20 de novembro

0
1161
Foto: Divulgação

Narrativas Negras faz parte da programação especial do Dia da Consciência Negra e será lançado no canal Futura, a série documental ambientada nos terreiros e construída pelo povo de santo é uma imersão na cultura afro-brasileira.

A série Àgbára Dúdú – Narrativas Negras, estreia no próximo dia 20, às 22h, como parte da programação especial do Canal Futura dedicada ao Dia da Consciência Negra. Com gravação na Bahia, a série de 13 episódios, ambientada dentro dos terreiros de candomblé e construída pela vivência do povo de santo, faz uma imersão na cultura e religião afro-brasileira a partir da trajetória de grandes líderes e suas comunidades.

A série aborda temas como identidade, negritude, racismo, intolerância, história, cultura, religiosidade e gênero, entre outros. O primeiro episódio acompanha yalorixá Mameto Lúcia e mostra a Festa de Bamburucema, tocando em temas como a presença afro no carnaval e a “ditadura da beleza branca europeia”. A temporada traz ainda episódios que retratam Joãozinho da Goméia; a trajetória de Mãe Olga do Alaketu; Mãe Menininha do Gantois, Mestre Didi, Pai Pecê de Oxumare, Pai Balbino Daniel de Paula, Mãe Jaciara, Mãe Raidalva e a importância da ancestralidade na formação da sociedade brasileira; entre outros personagens e temas fundamentais da história do candomblé.

São histórias de luta e defesa dos terreiros de candomblé como potentes espaços de construção política, identitária, de cidadania, acima de tudo, de humanidades e ancestralidades. Esses espaços sobrevivem diante da nuvem tenebrosa instalada no Brasil, que se disfarça de cristianismo, e extermina diferenças em nome de um suposto Deus. Por isso, Agbára Dúdú não é (só) uma série. É uma continuidade afetiva e política.

O lançamento será no canal Futura, no dia 20/11 (sexta-feira), às 22h 

Exibição: toda sexta-feira, às 22h

Comments