Seminário “Encontros e Redes Para Desatar o Ódio” será realizado no dia 1° de novembro

0
776
Foto: Mari Arantes

O Programa de Iniciação Artística (PIA), através do GT – Culturas Negras e Periféricas, em parceria com a Biblioteca Mário de Andrade, realiza no mês da Consciência Negra, o seminário “Encontros e Redes Para Desatar o Ódio”, no dia 1/11, das 18h30 às 22h, na Rua da Consolação, em São Paulo.

O intuito é lançar um olhar comprometido, contundente e belo sobre a cultura brasileira, oriunda de todas as Áfricas que foram trazidas, além de colocar em discussão o racismo institucionalizado e estrutural da nossa sociedade.

Entre as atividades, Ketty Valêncio, da livraria Africanidades e a Drª e Professora Isildinha Baptista Nogueira foram convidadas para uma conversa, além da presença do grupo de maracatu Baque Atitude, com coro de músicas afro-brasileiras da Oficina de Arte e Cultura e regência do maestro Roberto Mendes Barbosa e a “Exposição I – Processos de Interação – Percepções do Brincar“, criação a partir das expressões poéticas da infância sobre espaço/território do brincar e racismo trazidas pelas crianças do programa, com a curadoria da artista educadora Nata Neumamn.

Segundo a organização do evento, a importância desse encontro se dá nos pontos que cruzam as experiências dos artistas educadores do PIA que integram o GT Culturas Negras e Periféricas, junto aos convidados que se tornaram parceiros nos pensamentos e ações.

Pessoas oriundas de lugares e experiências diversas conectadas em rede para gerar transformação social. Uma sociedade pluricultural, onde as crianças negras, indígenas e periféricas tenham espaço, tempo e acesso a arte. Encontrem a possibilidade de se encantar com saias que rodopiam, vozes e tambores que ecoam para não nos deixar esquecer a força e a beleza da nossa cultura afro-indígena-brasileira“.

Comments