“Se eu fizer um papel, ele sempre será de uma mulher negra” diz Mariana Nunes

0
726
FOTO: ADRIANO REIS/DIVULGAÇÃO

M8-Quando a Morte Socorre a vida chegou ontem (24) na Netflix, o filme brasileiro com protagonismo negro nas telas e nos bastidores narra o cotidiano de um jovem negro e periférico que ingressa na faculdade de medicina.

Em entrevista a Vogue, Mariana Nunes, que interpretou Cida, mãe de Maurício comentou sobre o enredo e seu papel no filme: 

“Depois de todo o debate em torno das cotas, muita gente preta entrou na universidade. A gente sabe que as estatísticas e dados apontam para os bons resultados desses alunos, mas não tem muito conhecimento de como é a vida deles ali dentro. O filme apresenta essa história e os conflitos que existem nos bastidores quando eles ocupam esses lugares.” contou a atriz

Novembro de 2020 foi muito agitado positivamente para Mariana, a atriz encantou os brasileiros com sua interpretação no ‘Especial Falas Negras’ da TV Globo, protagonizou a série ‘Um Dia Qualquer’, foi capa da revista Ana Maria e vibrou com a possibilidade de M8 estar na disputa pelo Oscar 2021

Em entrevista a Vogue, Mariana contou da emoção que foi atuar no filme brasileiro e mencionou a importância que o filme tem para despertar questionamentos no telespectador

“Me apaixonei por esse roteiro e até pouco tempo atrás não conseguia falar sobre M8 sem chorar. É um filme que explica melhor nossas reivindicações e fala de muitas histórias brasileiras não contadas”

Ao falar sobre suas diversas personagens, Mariana lembrou que a camada racial sempre vai existir

“Sou uma mulher negra, então se eu fizer um papel, ele sempre será de uma mulher negra. Essa camada sempre vai existir”, dispara Mariana.

Quando falamos de mulheres negras no audiovisual, a questão “representatividade” sempre é lembrada, mas pessoas negras fazem mais do que interpretar uma pessoa negra em obras.

“Mas a minha preocupação é nunca deixar a personagem num lugar chapado de resiliência, de força, de base, porque temos isso, mas não somos só isso. Falamos também de amor, de amizade, e das bobagens da vida.” lembra Mariana

Uma das cenas do trailer mais repercutidas nas redes sociais é quando Cida (Mariana Nunes) exclama: Cala a sua boca porque eu sou uma mulher preta falando, não me interrompa!

Comments