Jornalista Carmen Lúcia fala sobre ‘a importância de negros na comunicação’ em livro publicado por mulheres pretas

0
701
Imagem: Divulgação

Um grupo de 24 mulheres pretas das mais diversas áreas se juntou  para apresentar narrativas que buscam gerar resistência ao racismo por meio do autocuidado e autoconhecimento. Entre elas, está a jornalista Carmen Lúcia, que participou do livro dando sua reflexão sobre a comunicação e a importância do profissional negro está inserida nela – assim como em todos os lugares –.

Em seu artigo, a profissional fala sobre ser uma jornalista que trabalhou grande parte da carreira no ramo de moda, beleza e entretenimento, lembrando-se de suas experiências em ser, quase sempre, a única mulher negra em eventos e em algumas redações. Segundo a mesma, foi só com o tempo que conseguiu entender o significado que a sua presença tinha naqueles locais e como isso afetaria as gerações futuras.

Segundo as escritoras, o livro, chamado “Nós por nós”, é uma reflexão sobre os atravessamentos que mais de 500 anos de racismo geraram na população negra e maneiras de enfrentar o sistema e debater as questões raciais de forma saudável. Sendo lançado pela editora Conquista, o valor de um exemplar custa R$ 70,00.

 “O livro ‘Nós por Nós’ trata também de ter muitas mulheres, muitas vivências, muitas inquietações e um objetivo:  ressignificar nossas identidades e reposicionar nossos papéis na sociedade, para a manutenção do nosso equilíbrio físico, mental e emocional, nosso e da nossa comunidade”,  fala a jornalista. 

Imagem: Divulgação

Comments