“Recomeçar”: Um cineasta negro do RJ fez curta à distância com atores nos países mais afetados pela pandemia

0
466
As atrizes Cintia Rosa, Patri – Ca e Yaya DaCosta (Foto: Reprodução Youtube)

“Recomeçar”: Um cineasta negro do RJ fez curta à distância com atores do Brasil, EUA e Itália, países mais afetados pela pandemia

2020 tem sido um dos anos mais complexos da humanidade por conta da pandemia da Covid-19 que afetou todos os setores da sociedade, da economia aos relacionamentos pessoais.

O cineasta carioca Fernando Barcellos usou o isolamento social e a reflexão sobre o fim da quarenta, como fonte de inspiração do curta “Recomeçar”. O roteiro é assinado por Barcellos e Rafael Mike e conta a história de 4 personagens. Um homem branco italiano ( Stefano Fregni em Roma) e três mulheres negras, duas americanas (Yaya DaCosta em Chicago e Patri – Ca em Nova York)  e uma brasileira (Cintia Rosa no Rio De Janeiro).

“O filme fala sobre recomeçar depois da pandemia, como pessoas diferentes em diferentes lugares do mundo estão lidando com a possibilidade do recomeçar e recomeçar diferente”, explica Barcelos.

Ele também nos deu detalhes sobre a complexidade de registrar imagens remotamente.

“Não foi nada fácil viu. Tive uma conversa com cada ator, acompanhado por um tradutor nos casos das atrizes americanas e do italiano, daí fizemos leitura pra eu entender o tom das falas e em seguida um ensaio técnico. Eles gravavam as cenas e enquadramentos propostos e me mandavam e eu dizia pra ser diferente ou manter o que já estava. Foi uma experiência muito boa. Deu trabalho demais, mas estou feliz com resultado”, detalhou o cineasta.

Um dos destaques da produção é a participação da atriz Yaya DaCosta, que faz parte do elenco da série Chicago Med.

Confira o curta na íntegra.

Comments