Desenvolvido pelo jornalista Tiago Rogero, o novo podcast ‘Projeto Querino’ chega como uma verdadeira aula sobre as origens do Brasil. Apresentando um olhar afrocentrado para a formação do país, a obra analisa tanto a contribuição afro-brasileira quanto a ganância desenfreada dos escravizadores. “Um podcast para entender como a História explica o Brasil de hoje, sem medo de botar o dedo na ferida das elites e de apontar responsabilidades”, relata o site oficial do projeto.

O podcast apresenta uma história que talvez você ainda não tenha ouvido, lido ou visto. “Foi a exploração do conhecimento e do trabalho, primeiro dos indígenas, e depois dos africanos e dos seus descendentes, que gerou toda a riqueza da colônia, e depois do país“, comenta a obra já no primeiro episódio. “Quando o Brasil ficou independente de Portugal, em 1822, já tinha muito país, nações europeias, por exemplo, que já tinham lucrado bastante, tanto com a escravidão quanto com o tráfico, que estavam discutindo e até aplicando o fim do comércio negreiro ou a abolição“.

Conduzido por uma equipe majoritariamente negra, o projeto tem apoio do Instituto Ibirapitanga; consultoria em História de Ynaê Lopes dos Santos e consultoria narrativa de Paula Scarpin e Flora Thomson-DeVeaux, da Rádio Novelo.

Inspirado em “The 1619 project” (lançado em 2019 por “The New York Times” e liderado pela jornalista Nikole Hannah-Jones), o projeto Querino começou em 2020 com 12 meses de uma minuciosa pesquisa documental, bibliográfica, em áudio e imagens realizada por historiadores e jornalistas. A partir do levantamento, foram feitas dezenas de entrevistas que resultaram nas publicações inéditas (em podcast e texto) lançadas em agosto de 2022 e que representam o ponto de partida do projeto.

Todos os oito episódios já estão disponíveis nas plataformas de áudio, no YouTube e também no site oficial.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments