Portaria da Fundação Palmares pode tirar Gilberto Gil, Elza Soares e Martinho da Vila de lista de personalidades negras

0
5339
Foto: Divulgação

Uma portaria assinada por Sergio Camargo, presidente da Fundação Palmares que persegue movimentos de combate ao racismo, pretende retirar nomes de grandes artistas negros como Gilberto Gil, Elza Soares e Martinho da Vila da lista de personalidades notáveis negras da Fundação Palmares.

A lista atual apresenta mais de 90 nomes. Zezé Motta, o senador Paulo Paim e o atleta Vanderlei Cordeiro de Lima estão na lista

De acordo com a portaria assinada hoje, pelo presidente da Fundação Palmares seleção de novos nomes deverá considerar critérios como “relevante contribuição histórica no âmbito de sua área de conhecimento ou atuação”, “princípios defendidos pelo Estado brasileiro” e “outros critérios que poderão ser avaliados, de forma motivada, no momento da indicação”.

“Haverá exclusão de vários nomes. Novas personalidades serão incluídas em razão do mérito e da nobreza de caráter”. Publicou Sérgio Camargo em uma rede social.

Polêmicas:

O presidente da fundação vem sendo reconhecido por perseguir o movimento negro, e inclusive querer abolir o Dia da Consciência Negra, por considerar uma homenagem inútil. Ontem por meio de seu Twitter, Camargo anunciou que muitos outros nomes serão excluídos, enquanto incluirá novos nomes que segundo ele, deram contribuição histórica em sua área de atuação. Nomes como o do humorista Mussum e do atleta João do Pulo, foram citados. “O Brasil finalmente poderá ter orgulho da galeria da Fundação Palmares”, declara ele.

As mudanças estabelecidas pela portaria passarão a valer a partir do dia 1º de dezembro.

Comments