África dentro de nós – Teste de DNA revela origem de afro-brasileiros

0
12776
Imagem do documentário Brasil DNA África (Divulgação)

Um banco de DNA com 30 mil amostras de etnias africanas. A empresa americana African Ancestry tem suas ações voltadas às pessoas do mundo inteiro que queiram saber mais sobre sua ancestralidade.  Ela torna possível algo que parecia ser distante para milhões de descendentes de nações africanas escravizadas, espalhadas pelo mundo: saber qual sua origem dos seus antepassados.

O documentário “Brasil DNA África” mostra a história de cinco brasileiros que usaram os serviços do African Ancestry para descobrir de qual parte do continente africano vieram seus descendentes. Depois de revelada a origem, eles foram ao país dos seus ancestrais ter um contato direto com sua cultura.

 

Negros brasileiros podem saber mais sobre sua origem

No Brasil estima-se que cerca de 5 milhões de africanos foram trazidos para serem escravizados. 2 milhões só no estado do Rio de Janeiro. O país foi o último do mundo a abolir a escravidão, o que explica o fato da maioria dos brasileiros ser negro ou pardo.

Quem quiser e puder pagar 300 dólares, obterá em casa, em até 2 meses, o resultado do exame de DNA do African Ancestry que mostra qual o país de origem do antepassado do cliente que terá que escolher, antes de enviar as amostras, se quer saber a resposta do lado materno ou paterno.

As informações completas estão no site do laboratório: http://www.africanancestry.com/

 

O processo consiste em comprar o kit para coleta de material para estudo, que chega por volta de 10 dias e reenviar para o laboratório que fica em Washington DC. A previsão do envio do resultado é de 60 dias.

 

 

 

Comments

Comentários