Novo série de sucesso da Netflix, ‘Sandman’ está entre os assuntos mais comentados do mundo. A obra, que faz uma mistura sobre mito moderno e fantasia sombria, combina ficção contemporânea, drama histórico e lenda. A série gira em torno das pessoas e dos lugares afetados por Morpheus, o rei dos Sonhos, na tentativa de corrigir os erros cósmicos e humanos que cometeu em sua vasta existência.

Para além dos conflitos, do suspense e dos efeitos especiais, a presença talentosíssima de personagens negras dentro da obra vem chamando atenção da internet e dos espectadores. O rei dos Sonhos é um dos Endless, grupo de seres imortais que governam aspectos do universo mortal. No episódio 6 da primeira temporada, recebemos o primeiro contato com a Morte, irmã mais velha do Sonho, que é interpretada pela atriz britânica Kirby Howell-Baptiste.

Kirby Howell-Baptiste como Morte em ‘Sandman’. Foto: Netflix.

Conforme somos apresentados, a Morte, existia no início do mundo e existirá no final, transportando os falecidos para seu reino com um sorriso e palavras gentis. No contexto da série, ela está sempre disposta a ajudar o Sonho e tenta fazer com que ele entenda melhor as pessoas. A performance comovente de Kirby Howell-Baptiste em ‘Sandman’ vem chamando atenção pelos diálogos humanos, sensíveis e até mesmo filosóficos. Com um apelo empático e extrema compaixão, o episódio que apresenta a Morte e seus desdobramentos no mundo humano é o ponto alto de toda a temporada.

Mas não é só a performance de Howell-Baptiste que impressiona. O destaque contínuo para a paixão e o carinho de Lucienne também é contagiante. Interpretada pela atriz Vivienne Acheampong, ela é a principal bibliotecária do reino dos Sonhos e uma das servas mais fiéis do Sonho. Ela faz o possível para manter o reino em ordem, mesmo em meio aos perigos do abandono e de solidão. Lucienne é responsável por apresentar o tom lógico, razoável e concreto da série.

Vivienne Acheampong como Lucienne ‘Sandman’. Foto: Netflix.

Com o decorrer da obra também somos apresentados à Rose Walker, interpretada pela atriz Vanesu Samunyai. Apesar da aparição relativamente curta, Walker é uma órfã que só quer arrumar um bom emprego e encontrar o irmão que perdeu quando seus pais se separaram. Infelizmente, para o contexto de ‘Sandman’, ela também tem o poder de quebrar as barreiras entre o reino dos Sonhos e o mundo desperto, ação que causa uma grande desordem para o enredo da obra.

Vanesu Samunyai como Rose Walker em ‘Sandman’. Foto: Netflix.

Numa aposta tão grandiosa como ‘Sandman’, observar personagens negros como referências de destaque traz um olhar contemporâneo e representativo para a obra. Baseada na série de quadrinhos da DC de Neil Gaiman com o mesmo nome, é bom acompanhar novos nomes pretos ganhando destaque internacional numa plataforma tão grandiosa como a Netflix.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments