T’Challa não, Akon. O cantor africano que emplacou vários hits nos anos 2000, acredita ser possível tornar Wakanda, país africano fictício criado pela Marvel, em realidade. Ele mesmo está à frente do projeto, que já se iniciou. O país escolhido é Senegal. 

“Tudo já está sendo construído de acordo com um projeto já criado”, disse o artista em entrevista ao G1.

Akon tem fortuna estimada em U$ 80 milhões resultado de atuações dentro e fora do mundo da música. O investimento para a Wakanda vem de investimentos externos, sobretudo de chineses.

“Durante a noite eu lido com música, estúdios e fazendo shows. Durante o dia é quando o resto acontece e participo de muitas reuniões”, detalha Akon.

E como será a Wakanda do Senegal? Segundo Akon haverá  faculdades, escolas, ginásios, aeroporto e tudo será gerido integralmente por meio da criptomoeda que se chamara Akoin, que é a parte mais adiantada do projeto.

E aí partiu?

Comments

Comentários