PL determina línguas afro-brasileiras como cooficiais em munícipios com comunidades quilombolas

0
PL determina línguas afro-brasileiras como cooficiais em munícipios com comunidades quilombolas
Foto: Wesley Amaral

O Projeto de Lei 577/22 estabelece que os munícipios brasileiros com comunidades quilombolas, tenham além da língua portuguesa, as línguas afro-brasileiras (originarias do contato com línguas africanas) consideradas cooficiais.

O projeto, em análise na Câmara dos Deputados, assegura a prestação de serviços e a disponibilização de documentos públicos pelas instituições públicas na língua oficial e nas línguas cooficiais.

“A cooficialização das línguas afro-brasileiras de quilombos representa o reconhecimento cultural e linguístico de que contribuíram de forma peculiar para a língua portuguesa da vertente brasileira”, declara o parlamentar Dagoberto Nogueira, autor do projeto.

No Brasil, existem mais de 200 línguas faladas além do português, o que inclui índigenas, afro-brasileiras, e de descendentes de imigrantes. A proposta ainda será analisada pelas comissões Direitos Humanos e Minorias; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, de acordo com a Agência Câmara de Notícias.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display