Nova exposição do cabeleireiro Jawara é uma celebração virtual de penteados negros

0
Nova exposição do cabeleireiro Jawara é uma celebração virtual de penteados negros
“Coarse: The Edges of Black Ingenuity”, exposição virtual de Jawara.

O artista, que criou editoriais gigantescos para Megan Thee Stallion , Zendaya entre outras celebridades negras, acredita que cabelos crespos e seus penteados são políticos. E o estilo de suas exposições, vem com uma narrativa que mostra a cultura, classe, gênero e raça.

“Sempre fiz muitos trabalhos com base no cabelo preto porque sinto que há uma deficiência de conhecimento sobre ele. Uma das minhas funções é tentar educar e destacar o quão incrível é o cabelo preto, quão versátil é. Em um ponto, era uma ferramenta usada para discriminar, então eu quero celebrar isso tanto quanto possível agora – a beleza do cabelo preto e o que ele significa para a cultura negra e os negros. contou Jawara em entrevista a VOGUE 

Para contemplar a jornada do cabelo crespo como uma narrativa de conquistas e vitórias, Jawara apresenta uma exposição virtual chamada “Grosso: As limites da ingenuidade negra. ” A exposição conta com trabalhos pessoais publicados e não publicados de Jawara, e os visitantes podem ver as imagens tiradas por  Tyler Mitchell, Kyle Weeks, Justin French, enquanto um aúdio de Jawara faz o guia da exposição digital.

“Há muita inteligência nos estilos de cabelo que as pessoas vivem nas comunidades Negras, e as pessoas sempre se perguntam por que são tão complicados. Por que parece arte? É uma auto-expressão que não foi permitida em nenhuma outra arena, mas as pessoas mostram isso com seus cabelos ”. conta Jawara.

Ao ser questionado sobre as obras incluídas e inspiração, Jawara disse que pensou sobre quais estilos de cabelo eram os mais performáticos para ele e os mais indicativos do que acreditava ser a singularidade da cultura do cabelo negro.

“Neste novo mundo em que estamos, era importante fazer uma exposição virtual como uma forma de criar comunidade – especialmente devido aos atos extremos de discriminação que vimos contra corpos negros e pardos nos Estados Unidos este ano, ”

O cabeleireiro leva através de seus modelos de penteados, o enaltecimento da cultura negra e restaura o amor pelo crespo/cacheado.

“Depois de ver esta exposição, espero que as pessoas saiam com um maior entendimento da cultura do cabelo preto como uma forma de performance, comunidade e catarse. É um meio para celebrarmos a nós mesmos e também a maneira única como fazemos as coisas.” disse Jawara.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display