Morte de Malcolm X completa 55 anos e caso pode ser reaberto

0
1424

Malcolm X foi assassinado em 21 de fevereiro de 1965, completando 55 anos nesta sexta-feira. Ativista, negro e mulçumano Malcolm atuou em defesa dos direitos da comunidade afro-americana pregando a luta contra os brancos nos direitos civis.

Em janeiro a Netflix lançou a série documental  ‘Quem Matou Malcolm X?‘, que examina o assassinato e identifica o suposto assassino real por nome: William X Bradley, também conhecido como Almustafa N. Shabazz. Com base em uma teoria existente, o historiador Abdur-Rahman Muhammad analisou mais profundamente o mistério e conectou as evidências ao investigar documentos do FBI.

Segundo o jornal The Washington Post, agora, depois da série documental ter revisado extensamente as provas que apontam para a inocência dos dois condenados, o homicídio pode voltar a ser investigado. Em fevereiro, a Procuradoria Pública do distrito de Manhattan informou ao jornal que iniciaria “uma revisão preliminar” do caso a fim de decidir se deveria haver uma reinvestigação.

Se a procuradoria distrital reabrir o caso, a revisão pode tentar responder perguntas sobre possíveis suspeitos adicionais ou erros policiais em um dos assassinatos políticos de maior destaque na história dos Estados Unidos.

Comments

Comentários