Médicos franceses propõem testes de vacina na África para combater o coronavírus

0
18107

Em um programa do canal LCI, da França, dois médicos conversavam sobre a possibilidade de a vacina BCG poder combater o novo coronavírus. Um deles, então, propôs que os testes deveriam ser feitos no continente africano, “onde não há máscaras nem tratamento nem reanimação”.

Drogba, Eto’o e Demba Ba, três das maiores referências do futebol africano neste século, se juntaram para mostrar revolta com a fala dos médicos na TV francesa. Eles usaram as redes sociais para desabafar sobre o preconceito.

 

https://www.instagram.com/p/B-d6SUMCid6/?igshid=19tiwkxui9y9f

Demba Ba, fez uma postagem chamando a atenção para o preconceito demonstrado na fala, Eto’o comentou na sequência. Depois, foi a vez de Drogba se pronunciar em suas redes sociais. Em texto mais longo, o marfinense afirmou que a “a África não é um laboratório de testes” e que as falas dos médicos são racistas e humilhantes. E pediu que todos ajudem a combater a COVID-19 também no continente.

Leia também: Ignorada pelo noticiário, África já tem dois terços do continente com casos de CoronaVírus

“Nos deixe nos salvar deste vírus louco, que está abalando a economia mundial e devastando a saúde da população pelo mundo. Não tomem os africanos como cobaias humanas! É absolutamente nojento… Os líderes africanos têm a responsabilidade de proteger a população dessas conspirações horríveis. Que Deus nos proteja, escreveu o ex-jogador”.

Comments