Notas de Rebeldia (Netflix) fala sobre expectativas e frustrações nas relações em família

0
2018
Mamoudou Athie e Courtney B. Vance protagonistas de Notas de Rebeldia Crédito: Netflix

Por Licínio Januário

Ser filho de pai preto e crescer é uma complexidade e um tremendo aprendizado.

São poucos os meus amigos que têm histórias 100% boas sobre seus pais. Muitos poucos. Essa história sempre têm dois lados da morada que a gente vai entendendo quando crescemos, no silêncio. Analisando a sociedade que vivendo e tentando se colocar no lugar do outro.

Se a gente voltar pra época da escravidão a gente rápido deduz que pais pretos não tinham tempo, estrutura e felicidade para quererem ser pais. E isso se carrega até hoje. São tantas porradas que quando a gente nasce, já está tudo planejado: vai repetir a mesma fórmula que eu, porque se não a sociedade vai engolir ele. Isso quando não fogem. Já as mães pretas… outros 500, mesmo passando pelo mesmo rolê… outros 500. Não é atoa que elas movimentão o mundo.

E esse filme, Notas de Rebeldia, da Netflix mostra muito bem isso.

O longa é sobre pais, autoproteção, medos, frustrações, sonhos compartilhados, masculinidades. AMOR!! Que filme. Que cura!!

Eu podia falar que é um filme com uma família preta bem sucedida, sem esteriótipos, um filme que rema total contra a maré em todos os sentidos. Roteiro, direção e atuação. Só assistam. Assistam com seus pais.

Sobre Notas de Rebeldia 

Para realizar o sonho de se tornar sommelier, Elijah (Mamoudou Athie) antes precisa lidar com as expectativas de seu pai, que espera que ele toque a churrascaria da família.

Com Mamoudou Athie, Courtney B. Vance e Niecy Nash. Roteiro e direção de Prentice Penny.

—————-

Licínio Januário é ator, cineasta e capoeirista 

Comments

Comentários