Jada Pinkett Smith será estrela e produtora do novo filme Netflix baseado em eventos reais

0
433

Segundo o portal de notícias Deadline, a atriz Jada Pinkett Smith atuará duplamente no novo filme de drama da Netflix. Em “Redd Zone”, Jada interpretará a Tia Magee, uma mãe solteira que ajuda os filhos e os companheiros de time do futebol do colégio deles, “The Bros”, a se curarem após o assassinato do melhor amigo, Dominic Redd. Aos poucos, os meninos começam a se mudar para a casa dela e, logo, dezessete deles estão morando lá. Jada também será uma das produtoras executivas da obra, que será baseada em eventos reais.

Na trama, todos os garotos vão para a faculdade e quatro conseguem chegar à NFL. O filho de Magee, Brandon, se tornou um linebacker do Cleveland Browns e do Tampa Bay Buccaneers e, mais tarde, foi convocado pelo Boston Red Sox para jogar em campo.

O filme será dedicado à memória de Redd. Edward Earl Reed Jr. é um ex-jogador de futebol americano que atuava na posição de free safety na NFL. Foi escolhido pelo Baltimore Ravens no Draft de 2002 da NFL, sendo a vigésima-quarta escolha no total. Ele jogou futebol americano universitário pela Universidade de Miami. Em sua carreira, Reed foi escolhido para nove Pro Bowls, sendo o último que participou o da temporada de 2012, e possui o recorde de maior retorno de uma interceptação na NFL (107 jardas, em 2008). Ele é considerado um dos safeties de mais alto nível na história da NFL e era chamado às vezes pelo apelido de “ball hawk” (Gavião da bola). Desde que entrou na liga, Reed era conhecido por estudar através de gravações as tendências do time adversário. O hábito de Reed de induzir quarterbacks a lançarem passes que eram interceptados também garantiu reconhecimento para ele na liga.

Pinkett Smith, Miguel Melendez e Jon Mone, copresidente da Westbrook Studios, produzirão o filme ao lado de Howard Burkons. Brandon Magee também será o produtor executivo do projeto que ainda não há data de estreia.

Comments