Se o exemplo arrasta, Lisiane Lemos, 30, é o tipo de mulher que vale a pena acompanhar de perto.

Sua rápida e crescente trajetória profissional chamou atenção da revista Forbes que a incluiu na lista de uma dos jovens mais influentes abaixo de 30 anos, a famosa lista Forbes Under 30.

Formada em Direito pela Universidade Federal de Pelotas, Lemos tem atuado em empresas de tecnologia e recentemente saiu da Microsoft onde atuou por 5 anos na área de vendas, para assumir o cargo de Gerente de Negócios do Google.

Ela fale inglês, espanhol e até italiano, já  palestrou no TedX e a lista de conquistas nem está na metade.

Porém algo excepcional em uma executiva tão ocupada como Lisiane, que nasceu no Rio Grande do Sul, mas mora em São Paulo, é a generosidade em arrumar tempo para compartilhar seus conhecimentos em suas redes sociais. Ela é bem atuante no Linkedin e também no Instagram.

Perguntei a ela quais seriam os três fatores fundamentais para o desenvolvimento da sua carreira e as dicas foram incríveis. Confira:

Dica 1: Networking intencional

“Estar em eventos da sua especialidade e conectar genuinamente com as pessoas. Um bônus é estar atento as vagas na sua empresa que as pessoas podem estar interessadas e usar isso como forma de conexão. Eu visito o portal de carreiras diariamente para pensar em pessoas que conheço. É importante sempre estar atento a pessoas que trabalham na empresa que você quer entrar porque uma indicação pelos portais internos sempre tem mais força e normalmente uma compensação financeira pra quem indica”.

Dica 2:  O segundo é estudar pra construir um diferencial.

“Eu gosto muito do ensino formal e estou sempre atenta em tendências de mercado e procurando conhecimentos que ninguém tem.

Se tivesse que dar uma dica sobre o que focar seria: lei de proteção de dados, martechs e healthtechs. ”

 Dica 3: O terceiro é focar em construir uma imagem pessoal.

“Ter uma marca profissional forte. Isso só se faz compartilhando conhecimento com a comunidade seja através das suas redes sociais ou até palestras internas na empresa que trabalha.

Um exemplo é usar o que você aprendeu no ensino formal pra dar dicas pra recém-formados.”

Comments