Homem negro com esquizofrenia morre sufocado com gás em viatura da Polícia Rodoviária Federal

0
Homem negro com esquizofrenia morre sufocado com gás em viatura da Polícia Rodoviária Federal
Foto: Reprodução.

Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (25) após ser colocado no porta-malas de um carro da Polícia Rodoviária Federal, em Umbaúmba, região sul de Sergipe. De acordo com familiares, Genivaldo tinha esquizofrenia e tomava remédios como tratamento há mais de 20 anos.

Vídeos gravados por testemunhas mostram o homem sendo prensado no porta-malas da viatura, enquanto muita fumaça saía de dentro do carro, transformando o fundo da viatura em uma espécie de câmara de gás. Laudo do IML apontou asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda como causas da morte.

A abordagem foi testemunhada por Wallyson de Jesus, sobrinho da vítima, que disse que o tio foi parado quando pilotava uma motocicleta. “Eu estava próximo e vi tudo. Informei aos agentes que o meu tio tinha transtorno mental. Eles pediram para que ele levantasse as mãos e encontraram no bolso dele cartelas de medicamentos. Meu tio ficou nervoso e perguntou o que tinha feito. Eu pedi que ele se acalmasse e que me ouvisse”, cdisse ao G1.

Wallyson disse que tentou dialogar com os policiais, mas não teve sucesso. Também disse que os agentes usaram spray de pimenta e o colocaram no veículo. “Eles jogaram um tipo de gás dentro da mala, foram para delegacia, mas meu tio já chegou lá desacordado. Diante disso, os policiais levaram ele para o hospital, mas já era tarde”.

PROTESTO — Nesta quinta-feira (26), moradores e representantes de movimentos sociais realizam protesto na BR-101 pela morte de Genivaldo.  O velório ocorre na casa da mãe do homem, no povoado Mangabeira, em Santa Luzia do Itanhy. Ele era casado e deixa um filho.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display