Você já deve ter esbarrado com essa fofura de filme por aí, seja nas redes sociais ou até por WhatsApp. O filme “Hair Love” de pouco mais de seis minutinhos concorre na categoria Curta de Animação e foi criado pelo ex-jogador da NFL Matthew A. Cherry. A produção é de Karen Rupert Toliver, mulher negra executiva na Sony que foi promovida a vice-presidente de desenvolvimento criativo da multinacional ano passado.

O curta estrelado por uma família negra, conta a história de um pai que tenta arrumar os cabelos crespos da filha. Mesmo desajeitado, ele não desiste e assiste a tutoriais para poder cuidar da pequena Zuri. (Pausa para o “ ownnn! Sim, mas nem tanto, não faz mais que obrigação. Obrigada. De nada.”)

Curiosidades:

-Matthew A. Cherry jogou três temporadas como grande receptor antes de se tornar cineasta.

– Em sua inspiração para o filme, Cherry disse que ficou intrigado com “vídeos virais de pais negros interagindo online com seus filhos e filhas”. Ele também disse que havia uma falta de representação em projetos animados e esperava remediar isso com “Hair Love”.

“Pais de todos os lugares podem se relacionar com isso da mesma maneira. Crianças de todas as etnias podem ver a humanidade neste filme. Para mim, é uma história importante porque a representação é importante.”.

-O projeto começou como uma campanha do Kickstarter em agosto de 2017. Cherry estabeleceu originalmente a meta em US $ 75.000 — para cobrir coisas como modelagem de personagens, desenvolvimento visual e edição — mas isso foi rapidamente superado. Por fim, ele levantou quase US $ 300.000 para o filme.

“É minha esperança que possamos mostrar uma imagem positiva dos pais negros e suas filhas, incentivando cabelos naturais e amor próprio em todo o mundo através do espaço animado”, disse Cherry

– O filme é produzido por várias celebridades, incluindo Yara Shahidi, Jordan Peele, Dwyane Wade e Gabrielle Union.

– Issa Rae, que dubla a mãe, é a única personagem que “fala” durante o filme. Ela ficou revoltada com a falta de mulheres nas categorias principais. Não é pra menos…

-O curta foi ao ar nos cinemas antes das exibições de The Angry Birds Movie 2 em agosto do ano passado.

*Esse texto foi escrito pela jornalista Camila Silva e originalmente publicado no Diário da Camila. 

Comments

Comentários