Fundo Baobá se une a marcas e lança edital em apoio aos afroempreendedores para o pós-pandemia

0
Fundo Baobá se une a marcas e lança edital em apoio aos afroempreendedores para o pós-pandemia
Foto: Alex Nemo Hanse

O Programa de Recuperação Econômica de Pequenos Negócios de Empreendedores(as) Negros(as), é o edital lançado pelo Fundo Baobá para Equidade Racial em parceria com Instituto Coca-Cola Brasil, Banco BV e Instituto Votorantim. Em prol dos pequenos afroempreendedores periféricos e de outros territórios em contexto de vulnerabilidade econômica, serão investidos mais de R$ 1,6 milhão. As inscrições podem ser feitas de 11 de novembro a 20 de dezembro via formulário disponível no site do Fundo Baobá. 

O edital nasce do duplo reconhecimento de que pessoas negras que empreendem sofreram mais com a recessão econômica provocada pela pandemia e de que são eles que podem gerar maior inserção social ao se recuperar e se desenvolver. “Fomentar o empreendedorismo negro, contribuindo para o desenvolvimento e ampliação das habilidades das pessoas que lideram os negócios e dos negócios, é um dos instrumentos necessários para que o pleno potencial da população negra seja alcançado e para que se construa uma sociedade justa”, explica Selma Moreira, diretora-executiva do Fundo Baobá. 

Para assegurar um impacto mais profundo, o edital estabelece que as propostas devem ser inscritas em conjunto por três pequenos empreendedores negros que já atuem em parceria ou queiram trabalhar de maneira complementar.  Não é necessário possuir CNPJ – um detalhe que favorece a adesão de pessoas de comunidades periféricas ou territórios em contexto de vulnerabilidade socioeconômica, que são o público-alvo prioritário. Não há restrições a identidade de gênero e a faixa etária para inscrição é de 18 anos ou mais, o que representa igualdade de condições para idosos, LGBT+s, transsexuais e demais grupos que geralmente ficam à margem de iniciativas de apoio ao empreendedorismo. Propostas das regiões Nordeste e Norte ou que envolvam negócios liderados por mulheres serão priorizadas.

O edital é exclusivo para empreendedoras e empreendedores negros que tenham pequenos negócios com faturamento de até R$ 6.750,00 (seis mil, setecentos e cinquenta reais) por mês e os selecionados vão receber R$ 10 mil cada um (totalizando R$ 30 mil por projeto). O projeto inclui ainda mentoria: assistência técnica, formação, troca de experiência entre os participantes e empreendedores de sucesso. Todas as iniciativas de capacitação serão desenvolvidas em ambiente virtual, com duração de seis meses (período entre a contratação da iniciativa até a última prestação de contas).

SERVIÇO

Edital “Programa de Recuperação Econômica de Pequenos Negócios de Empreendedores(as) Negros(as)”

  • Período: 11 de novembro a 20 de dezembro
  • Início do programa: 1 de março de 2021 com duração de 6 meses
  • Formato: online 
  • Público: pequenos afroempreendedores periféricos e/ou de territórios vulnerabilizados socioeconomicamente
  • Faixa etária: 18 anos ou mais 
  • Inscrições: via formulário no site do Fundo Baobá

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display