A empresária Luana Génot foi a vencedora do Prêmio Empreendedor Social 2022 dentro da categoria Direitos Humanos. O trabalho da executiva, à frente do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), foi reconhecido por promover igualdade racial por meio da empregabilidade e educação. “Mais do que dizer não ao racismo, dizemos sim à igualdade racial e fico emocionada ao ver o trabalho que temos desenvolvido ao longo dos últimos seis anos sendo reconhecido ao lado de outras iniciativas tão importantes”, comemorou Génot nas redes sociais.

“Dizer sim para a igualdade racial não é só para os negros, indígenas e não brancos, mas de todos. Quando todo mundo diz sim, a raça não será mais impeditivo para ninguém”, disse Génot ao receber o troféu nesta última segunda-feira (19). “Espero que em 50 anos tenhamos algo próximo de 50% de representação negra, hoje temos menos de 5%”, destacou a empresária.

Génot é descrita como uma das gestoras mais importantes da atualidade na comunidade negra. Com o ID_BR, ela tem o desafio de dar continuidade ao trabalho de colocar mais pessoas negras e indígenas em cargos de liderança. “Temos trabalhado convencendo tomadores de de decisões a serem intencionais no direcionamento de oportunidades para pessoas negras e indígenas e esse prêmio nos dá ainda mais disposição para continuamos lutando para que a cada dia mais pessoas negras e indígenas tenham o poder da caneta”, disse a empresária.

A escolha do Prêmio Empreendedor Social 2022, organizado pela Folha de São Paulo, foi feita por um júri composto de personalidades e especialistas, que contou, entre outros, com empreendedores sociais, personalidades e atores do ecossistema de impacto social.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments