Festival Periferia Preta retorna dia 11 de maio em sua quarta edição

0
585

Com o objetivo de valorizar a produção artística periférica, a 4ª edição do Festival Periferia Preta tem entrada gratuita e será realizada dia 11 de maio, no bairro Fazenda da Juta, em São Paulo. Com mais de 15 atrações confirmadas, o evento defende, do começo ao fim de sua programação, corpos pretos vivos, corpos pretos livres, corpos que se assumam e se representem em diversidade.

Criado em Fazenda da Juta, bairro reconhecido pelo seu histórico de luta, o Coletivo Periferia Preta aproveita a data para celebrar as vidas das Negas, Marias e Madás, das mulheres pretas de todos os lugares, no tempo e no espaço, que construíram nestes 131 anos a resistência favelada contra a falsa abolição da escravatura.

Além de celebrar a vitória dos ciclos de vida cumpridos, homenagearemos as vítimas fatais do sistemático ciclo de interrompimentos posto por esta sociedade racista. Acreditamos que a nossa intervenção é semeadura, que seu potencial é transformador tanto no território quanto nos imaginários. Acreditamos que nosso trabalho, somado a tantos outros, dia após dia, desconstruirá para sempre as narrativas de exclusão e inferiorização”, explica Cássia Caneco, uma das produtoras do evento.

Confira a programação completa:

12h30 | CCA – Sonho Jovem
13h | Grupo EH2
13h-18h | Feira Meninas Mahin
13h30 | DJ Aline Vargas
14h30 | Hip Hop no Vagão
15h | Dj Beto Premier
15h40 | Brincadeiras palco
16h | Celly IDD e Chel Quebradeira Pura
16h30 | DJ Gizz
17h30 | BLACKAT
18h-22h | Coletivo Coletores
18h20 | Monna Brutal
19h | Samba Nega Duda
20h | NCI – Irmã Doroty Stang + Homenagem
20h30 | Pitty Pizada e Bruno Brilhoso
22h | JUTA POSSE – Sound System

Mais informações: krushassessoria@gmail.com

Comments

Comentários