Carol Tozaki, ex-Bailarina de Faustão, relata racismo que sofreu em shopping luxuoso de São Paulo

0
Carol Tozaki, ex-Bailarina de Faustão, relata racismo que sofreu em shopping luxuoso de São Paulo

A ex-bailarina de Faustão, Carol Tozaki, relatou ter sofrido racismo em um shopping luxuoso de São Paulo, que leva o nome de Iguatemi. A moça, que é atriz e modelo, tinha chegado de viagem de uma temporada que passou em Londres, local que mora há três anos e contou em seus stories o quanto estava triste pela situação.

“Oi, gente! Tudo bem? Agora mais cedo passei aqui, estava superfeliz, supercontente de estar em São Paulo, mas parece que, realmente, alegria de pobre dura pouco. Venho aqui falar com vocês de uma coisa que aconteceu comigo hoje no shopping e que me deixou muito triste, do fundo do meu coração. Esse é um dos motivos pelos quais amo São Paulo, mas, ao mesmo tempo, não tenho vontade de ficar aqui, de morar no Brasil, porque as pessoas são muito racistas e preconceituosas”, contou a artista, de 24 anos.

Carol explicou que não foi tratada com respeito em uma loja de grife dento do Shopping Iguatemi São Paulo e que se sentiu pressionada a estar com roupas elegantes para ser atendida nos locais. “Entrei na Animale, que é uma marca que gosto muito, e senti o desprazer de ser atendida por pessoas que pareciam que não queriam me atender.” Começou a explicar.

“Na cabeça delas, elas achavam que eu não iria comprar. Isso me dói muito. Porque sei, desde que entrei no shopping… Teve até um momento que eu pensei assim: ‘será que eles estão me achando bonita?’ Me senti muito mal, fiquei muito triste, eles acabaram com o meu dia porque é muito ruim você ir em um lugar e querer comprar, fazer as coisas e as pessoas não te atenderem bem, ficarem te olhando dos pés à cabeça”, lamentou.

Carol ainda revelou que já passou por essas situações no Brasil e por isso não moraria mais no país. “Não importa se você tem dinheiro, se tem condição. Vim aqui no Shopping Iguatemi e fiquei muito triste, me senti coagida, na verdade. Porque você pode estar vestida do jeito que você for, pode estar de relógio caro, de bolsa cara, você pode ter condições de vir aqui comprar e as pessoas sempre vão te tratar ‘menos’ (sic), não vão te atender direito pela cor da sua pele. E vai ter um monte de gente que vai falar que é mimimi. Mas não é. Eu vim aqui porque eu precisava comprar uma jaqueta de couro para mim e falei: ‘vou no Shopping Iguatemi porque com certeza lá vai ter'”, disse ela.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display