Em comemoração aos três anos “botando fé no corre” Ocupretar lança revista digital

0
373

A Ocupretar surgiu como projeto artístico em 19 de maio de 2017. De início, se resumia à #Ocupretar em que o objetivo era com os adesivos do projeto ocupar as ruas e com essa hashtag concentrar todos os locais dentro das redes sociais.

Em setembro de 2019, os números de alcance do projeto levaram o criador Rawier Queiroga a virar a chave de projeto para micro empresa impulsionadora e geradora de cultura negra e empresa criativa. O que os números mostravam era que o projeto criado para ocupar uma cidade de 22 mil habitantes havia chegado ao Estados Unidos, Canadá, Itália, além de 7 estados brasileiros.

Hoje, além do lançamento da revista digital, que por enquanto está sendo enviada com exclusividade para aqueles que acompanham o corre em suas redes (uma dica, segue eles no Instagram @ocupretar e deixe o seu e-mail pra receber a revista totalmente gratuita), com a pandemia, quarentena e todos em casa, a Ocupretar também lançou uma série de entrevistas.

“Queremos direcionar a atenção para mulheres que estão por trás dos corres que estão acontecendo nas produções artísticas. Muitas das vezes não são reconhecidas pelo o público, que raramente lê ficha técnica, onde esses nomes se encontram. Queremos transformar através de lives, onde podemos criar uma proximidade com o público, já que o intuito é apresentar um pouco da vida das convidadas, abordando assuntos como sua rotina”.

A repórter Afro Futurista Aniké Pellegrini é quem comanda o programa/Live “Mina do Corre”, toda segunda-feira as 21h, no instagram da ocupretar, ela entrevista uma “mina” que está nesse mundão fazendo o seu corre e seus sonhos acontecerem. Todas as lives do Mina do Corre estão disponíveis em versão podcast; Confira:

Comments