Deputada Estadual protocola projeto para retirada de estátuas escravocratas em São Paulo

0
1888
Deputada Estadual Erica Maluguinho. Foto/Reprodução

Em meio a um debate sobre estátuas de bandeirantes, como o de Borba Gato, que estão distribuídas na cidade de São Paulo, a deputada estadual Erica Malunguinho (PSOL) protocolou nessa quarta-feira (24) um projeto de lei para retirada de monumentos que prestem homenagens a figuras históricas escravocratas do País.

A proposta inicial pede para que estátuas escravocratas que ‘prestem homenagem a escravocratas ou eventos históricos ligados à prática escravagista devem ser retirados de vias públicas e armazenados nos Museus Estaduais, para fins de preservação do patrimônio histórico’.

Erica Malunguinho relatou que as medidas brasileiras para reparação histórica que promovem igualdade racial foram insuficientes, principalmente, no que diz respeito à ampliação do direito à memória e história do país.

“Os prédios estaduais, locais públicos estaduais, rodovias estaduais cujos nomes sejam homenagens a escravocratas ou eventos históricos ligados ao exercício da prática escravista deverão ser renomeados no prazo máximo de 12 meses a contar da data de publicação desta lei”, propõe a deputada.

Em nota divulgando a proposta, Erica falou que “Na região central da cidade de São Paulo, por exemplo, encontramos, apenas, três edificações que fazem referência à presença negra: a Herma de Luiz Gama, no Largo do Arouche; a estátua de Zumbi, na Praça Antonio Prado; e a estátua da Mãe Preta, no Largo do Paissandu. Em relação às representações da história de escravocratas, o cenário é diferente. Existem, pelo menos, oito monumentos na cidade destinados à homenagear defensores e pessoas comprometidas com o sistema escravista”.

Comments