Conheça os poucos negros que ocuparam os cargos de Ministros Brasileiros entre os anos 2003 até 2020

0
2958
Na imagem: Ministro da educação Carlos Decotelli, ex-ministra Luiza Barros e Ex-Ministro do Supremo Joaquim Barbosa

O presidente Bolsonaro anunciou ontem o nome do novo Ministro da Educação, Carlos Decotelli, o primeiro ministro negro do governo atual. Diante de tantas especulações e perspectivas sobre a nova gestão do MEC, podemos contar nos dedos quantos ministros negros já tomaram posse nessa e nas três antigas gestões.

Se contarmos com as três presidências anteriores (Lula, Dilma e Temer), o presidente que mais obteve ministros negros ao seu lado foi Lula, contabilizando sete ministros pretos durante seus oito anos de mandatos. O menor, entre eles, foi o ex-presidente Temer, com apenas uma mulher negra entre seus ministros.

Já no Supremo Tribunal de Justiça, a situação se torna ainda mais escassa. Apenas três homens negros, em toda a história do Supremo, foram nomeados Ministros do Supremo Tribunal Federal, o primeiro foi Pedro Augusto Lessa, e um único presidente negro da Corte Suprema foi Joaquim Barbosa.

No Tribunal Superior do Trabalho, tínhamos Carlos Alberto Reis de Paula, ou apenas Reis de Paula, era Ministro do TST desde 25 de junho de 1998 no mandato de Fernando Henrique Cardoso e foi o primeiro presidente afro-brasileiro do Tribunal Superior do Trabalho, entre 2013 e 2014. Hoje o jurista está aposentado.

Listamos os ministros negros entre os anos 2003 – 2016:

Benedita da Silva –  Atualmente é deputada federal. Foi Ministra de Desenvolvimento Social entre os anos 2003 até 2007, durante o governo Lula.

Edson Santos – Sociólogo, foi Ministro da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial entre os anos 2008 até 2010 durante o governo Lula.

Eloi Ferreira – Foi Ministro-chefe da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial no governo Lula.

Gilberto Gil – Ministro da cultura entre 2003 até 2008 no governo Lula

Marina Silva – Ministra do Meio Ambiente entre 2003 até 2008 no governo Lula

Matilde Ribeiro – Foi ministra-chefe da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial no Governo Lula.

Orlando Silva –  Sociólogo e político brasileiro e ex-ministro do Esporte durante o governo Lula e Dilma.

José Henrique Paim – Foi ministro da educação durante o mandato da ex-presidente Dilma Rousseff

Luiza Bairros – Foi ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Brasil entre 2011 e 2014. Luiz faleceu em julho de 2016 e foi ministra durante o governo Dilma.

Nilma Lima Gomes – Foi a primeira mulher negra do Brasil a comandar uma universidade pública federal. Ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial durante o governo Dilma.

Luislinda Valois – Desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça da Bahia e foi ministra dos Direitos Humanos do Brasil durante o mandato de Temer.

Carlos Decotelli – Atual ministro da educação e único ministro negro do governo atual.

Além disso, os únicos três homens negros a assumir uma cadeira no Supremo Tibunal de Justiça são:

Pedro Augusto Carneiro Lessa – tomou posse em 20 de novembro de 1907, sendo primeiro homem negro do supremo e sendo chamado de ‘mulatinho’ na época.

 Hermenegildo Rodrigues de Barros – foi nomeado em 1919 a Ministro do Supremo Tribunal Federal, para ocupar a vaga deixada por Canuto Saraiva. Exerceu o cargo até 1937, quando se aposentou.

Joaquim Benedito Barbosa – Joaquim Barbosa foi indicado Ministro do STF pelo ex presidente – Lula em 2003. E o ministro foi eleito presidente do STF no dia 10 de outubro de 2012, sendo o primeiro presidente negro da Corte Suprema.

Comments