VIS cria sala de conteúdo brasileira com foco na diversidade

0
360
Narrativas Negras é o nome da equipe formada por Eliana Alves Cruz, Estevão Ribeiro, Lidiane Oliveira (foto), Marton Olympio e Renata Diniz

Subverter expectativas quando se fala em narrativas negras, e ter nossas histórias contadas para o mundo todo, alcançando diferentes audiências. Estas são algumas metas da equipe “Narrativas Negras”, formada pela escritora Eliana Alves Cruz, pelo quadrinista Estevão Ribeiro, mais as roteiristas Lidiane Oliveira e Renata Diniz, com a coordenação do diretor e roteirista Marton Olympio. Assim chega ao cenário da comunicação brasileira a primeira sala de conteúdo para diversidade e equidade do VIS Américas (divisão da ViacomCB).

“Somos diferentes em gênero e origens, como realmente é a experiência negra no Brasil”, ressalta Eliana Alves Cruz, sobre a pluralidade sobreposta à grande diversidade que marca o grupo agora reunido, e que agrega formações, experiências e habilidades diversas, mas convergentes aos objetivos.

Os projetos desenvolvidos podem incluir séries, longa-metragens e até reality shows. Os cinco também atuarão na consultoria de outros projetos que possam aumentar a representatividade e promover equidade racial. Essa é uma iniciativa pioneira para o VIS Américas e deve ser replicada em outras regiões, a partir dessa primeira Sala.

Potências – O coordenador Marton Olympio colabora com sua ampla experiência em direção e roteiro, inclusive de longas, séries, com passagem pela Rede Globo, Fox, Globo Filmes, além de ter atuado na tutoria de outros profissionais da área no Flup Narrativas Negras. Renata Diniz traz a vivência de roteirista premiada, com resultados de seus trabalhos exibidos nas telas do Canal Futura e TV Brasil, por exemplo.

A experiência de pesquisa profunda de Eliana Alves Cruz, autora de “Água de Barrela”, junto com seu domínio de textos poéticos e de prosa, são contribuições ao trabalho do grupo. O escritor, roteirista e quadrinista Estevão Ribeiro agrega o olhar apurado para o visual, pois também é fotojornalista. Já Lidiane Oliveira tem a experiência de teatro, atuação em peças, filmes e séries, além de ser também roteirista em várias dessas iniciativas.

O conjunto formado certamente atende, em alta qualidade, a necessidade de inclusão de temas, representações mais plurais e diversas, a gigantesca lacuna de representatividade que a mídia brasileira historicamente não consegue cobrir. “É importante que o conteúdo que desenvolvemos dialogue e atraia os diferentes espectadores. Queremos especialmente levantar essas vozes e destacar histórias que não estão bem representadas na mídia”, destaca Federico Cuervo, SVP, o Diretor Geral do VIS Américas, responsável pela criação da sala de conteúdo.

A iniciativa da Sala de Conteúdo faz parte da concretização do anúncio do VIS, feito em novembro de 2020, sobre 25% de seu orçamento na América Latina ser investido na criação e desenvolvimento de conteúdo por pessoas que ampliem a diversidade e aumentem a equidade, seja ela racial, cultural, de gêneros ou de perspectivas. O ViacomCBS International Studios é uma divisão da ViacomCB fundada em 2018 e produz conteúdo para as marcas e plataformas da ViacomCBS, incluindo Paramount+, Nickelodeon, MTV, Comedy Central, Channel 5, Network 10, VIS, Telefe, Ananey e Porta dos Fundos.

Comments