BBB21: Saúde mental, acolhimento e perseguição marcam a primeira semana do reality

0
4676
Foto: Reprodução

Desde o anúncio dos participantes do BBB21 a comunidade negra que curte o reality ficou muito entusiasmada com a quantidade de pessoas pretas para torcer na 21º edição do programa.

Nove pessoas negras, que divergem muito entre si. Finalmente uma edição que podemos escolher o nosso preferido a dedo, pois não faltam opções. Mas logo na primeira semana de programa, o que deveria nos entreter, gerou gatilho e stress em muitas pessoas negras.

O participante Lucas Penteado protagonizou uma das festas mais problemáticas do programa, ao contar a cada participante sobre suas pretenções e planos para a reta final do reality. Lucas tinha um plano de aquilombamento, que soou um tanto radical até para os participantes pretos da casa. A ideia do ator foi apresentada: “Juntar os pretos para tirar os brancos” Lucas disse que gostaria de ver uma final só com pessoas pretas -em um assunto muito precoce- e a ideia do ator não agradou nenhum dos participantes.

E além de tudo ressuscitou a pauta do “racismo reverso” participantes e telespectadores do reality questionaram “E se fosse ao contrário” o que sabemos que levanta um debate infindável
“Aí deixa só eu te falar uma coisa, já pensou se eles escutam alguém que no caso seja branco falar que ia juntar os brancos para tirar os pretos? Você entendeu? Eu me senti mal por ser branco naquela hora, juro.” afirmou o participante Caio.

Após causar a confusão generalizada com a sua ideia na primeira festa do líder do programa, Lucas foi ‘cancelado’ dentro e fora da casa -a assessoria do ator rompeu o contrato com ele em momento crítico-. Discussões sobre a saúde mental do participante -que já sofreu com depressão- foram fomentadas, o ator aparenta ter traumas e psicoses causados pelo racismo que geram conflitos internos.

https://twitter.com/dandaraaziza/status/1355513820970680320

Alguns participantes se afastaram do ator, mas a maior surpresa foi a postura da cantora Karol Conká, que tem perseguido o ator na casa. A cantora convenceu todos os participantes do VIP a comerem antes de Lucas, para que ele almoçasse sozinho. Na internet, a atitude da cantora foi repudiada e gerou debates sobre empatia

E infelizmente essa não foi a única atitude questionável da rapper na casa, em outros momentos Karol falou mal de Lucas para os outros participantes e ridicularizou o ator.

“Vamos ter que aguentar a ‘cara de bunda’ dele aqui. E vou falar ‘e você lava a louça calado. Calado, não quero ouvir tua voz, não quero sentir esse teu bafo hoje. E esse bafo não é normal. Esse mau hálito é de ruindade. Agora eu tô entendendo porque ele tem mau hálito forte, é de ruindade”

Em apenas uma semana, a rapper decepcionou os fãs com discursos de ódio, xenofóbicos e de perseguição com outros participantes, Karol chegou até a falar mal de Michael Jackson dizendo que o rei do pop teve vitiligo por “querer ficar branquinho”

“Não. Não existe esse [tipo de] vitiligo. Eu nunca mais vi nenhuma outra pessoa ter um vitiligo que a mancha pega o corpo inteiro”, disse Conká.

Por outro lado, a atitude de outros brothers foram enaltecidas pelo público, o rapper Projota chamou o ator Lucas para conversar, e aconselhou o brother sobre suas atitudes na festa. Projota falou sobre saúde mental com Lucas e da intensidade do ator que faz com que todas as suas atitudes sejam potencializadas.

O rapper ainda ofereceu ajuda financeira para Lucas arcar com tratamentos psicológicos, no papo com Projota o ator se emocionou muito e agradeceu pelo acolhimento.

https://twitter.com/Projota/status/1355746230601715714

Aqui fora, após a agência VPress -que é comandada por uma mulher branca- abandonar o ator em momento de crise, profissionais pretos ofereceram serviços de assessoria para o participante. Depois do momento crítico e a análise da saúde mental do ator, Lucas foi acolhido nas redes pelos fãs, que entendem que os traumas causados pelo racismo o afeta de forma intensa.

Com a cultura do cancelamento ganhando cada vez mais força, os participantes do reality estão sendo expostos com muita frequência, o que pode chegar a custar suas carreiras, todos os acontecimentos citados ocorrem nos primeiros 5 dias de programa, e ainda restam 95 pela frente. Os telespectadores negros, que antes estavam animados com a edição histórica, agora se mostram preocupados com a reputação dos participantes negros da casa e como a edição será vista pelo público geral do programa, uma vez que enquanto participantes negros protagonizam brigas e discursos polêmicos, participantes brancos como -fiuk- militam pela causa racial de forma dramática, ineficaz que banaliza e ridiculariza o movimento.

https://www.instagram.com/tv/CKuQ_kCHtRJ/?igshid=a0vbrcugv353

Comments