4ª Edição do Fórum Negro de Arte e Cultura da UFBA fará homenagem às mulheres

0
925
Foto: Alex Logaiski

Com o tema “Mulheres Insubordinadas: uma saudação às grandes ancestrais”, o evento irá enfocar o papel da mulher negra no universo das artes

Acontece entre os dias 27 e 30 de outubro o IV Fórum Negro de Arte e Cultura (FNAC), evento que reúne as Escolas de Belas Artes, Dança e Teatro da Universidade Federal da Bahia (UFBA)  para debater, refletir e construir propostas de inserção da cultura negra no ensino, na pesquisa e na formação em artes no âmbito da extensão acadêmica.

Com o tema “Mulheres Insubordinadas: uma saudação às grandes ancestrais”, o evento desta vez irá enfocar o papel da mulher negra no universo das artes, apontando a relevância do discurso de gênero na mudança de pensamento a respeito da produção teórica e prática de arte e cultura. 

Composto por ateliês temáticos, apresentações de pesquisas, conferências, mesas temáticas, oficinas e uma programação artística inspirada na temática negra, o FNAC deste ano será virtual, atendendo às normas de segurança recomendadas pelas autoridades sanitárias e pelo colegiado da UFBA para combater a propagação do coronavírus. 

Nas palavras da Professora Dra. Evani Tavares Lima, da Pós-graduação em Artes Cênicas da UFBA e uma das organizadoras do evento, a proposta é “continuar possibilitando trocas de experiências entre seus participantes e o fomento à revisão dos paradigmas”, que, até então, orientam os currículos dos cursos das artes da Universidade Federal da Bahia e de outras universidades.

Em sua curta  trajetória, o FNAC foi responsável por  muitos avanços. Dentre eles,  pode-se destacar a publicação da Revista Repertório (PPGAC/UFBA), em 2017; o espetáculo “Gusmão: o Anjo Negro e sua Legião”, sobre a vida do ator e dançarino Mário Gusmão, primeira montagem com elenco e temática negros em 40 anos de existência da Companhia da Escola de Teatro da UFBA em 2017; além de o exitoso espetáculo “Pele Negra, Máscaras Brancas”, baseado na obra homônima de Frantz Fanon e dirigida por Onisajé, em 2019. Este também produzido pela Companhia da Escola de Teatro da UFBA e com elenco e temática negros.

“Queremos que o FNAC seja mais que um evento pontual, queremos que ele se torne uma permanente fonte de discussão e reflexão sobre as questões ligadas a comunidade negra, especialmente no que diz respeito a sua contribuição ao universo artístico e cultural baiano e brasileiro”, destaca  Evani.

SERVIÇO

O Quê: Fórum Negro de Arte e Cultura (FNAC) 

Quando: 27 a 30 de outubro

Onde: Nos canais oficiais do FNAC no  Streamyard e no YouTube

Comments