Vídeo mostra que policiais mataram homem negro desarmado com mais de 60 tiros nos EUA

0
Vídeo mostra que policiais mataram homem negro desarmado com mais de 60 tiros nos EUA
Foto: Reprodução.

Um vídeo divulgado neste domingo (3) mostrou que oito policiais de Ohio, nos Estados Unidos, estão envolvidos na morte a tiros de um homem negro desarmado. O corpo de Jayland Walker, de 25 anos, foi encontrado com aproximadamente 60 ferimentos de bala depois que ele fugiu de um controle de trânsito na última semana.

Walker tinha uma multa de trânsito e nenhum registro criminal. A polícia disse que inicialmente tentou detê-lo por uma violação de de trânsito. A polícia exibiu vários vídeos em uma coletiva de imprensa, e um deles, segundo a polícia, mostra um tiro sendo disparado de dentro do carro dirigido por Jayland.

O tiro em si não é visível nas imagens, mas durante a coletiva de imprensa, imagens de fora do carro foram mostradas que pareciam capturar um flash vindo da porta do lado do motorista do carro de Jayland.

Walker, então, saiu do carro e fugiu da polícia. A polícia diz que ele aparentemente estava se voltando para os policiais, que então acreditavam que ele estava armado. Mais tarde, uma arma foi apreendida em seu carro.

Bobby DiCello, advogado da família Walker, disse que Walker só recentemente obteve a arma. “Jayland não estava familiarizado com armas de fogo e não sabemos se disparou acidentalmente”, disse ele. “Mas a polícia não encontrou balas na arma quando a encontraram no carro após sua morte.”

Stephen L. Mylett, chefe de polícia de Akron, disse não ter certeza de quantos tiros foram disparados contra Walker. Ele não pôde confirmar o número exato de balas que o atingiram (embora tenha citado os ferimentos relatados pelo médico legista), mas antecipou que o número seria “muito alto”.

Após a divulgação dos vídeos, centenas de manifestantes marcharam no centro da cidade de Akron, exigindo justiça para Walker e denunciando a violência policial. A família Walker pediu que a comunidade permanecesse em paz.

“Estamos todos nos preparando para a resposta da comunidade, e a única mensagem que temos é que a família não precisa de mais violência”, disse DiCello, o advogado da família.

* Com informações do The New York Times

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display