Versão digital da Black Ads Academy supera 4 mil inscritos em uma semana

0
1484
Foto: http://lugarlegitimo.com.br/

O programa Black Ads Academy que tem o objetivo de capacitar estudantes, profissionais e empreendedores negros já ajudou dezenas de pessoas a encontrar oportunidades de emprego e até mesmo a gerenciar seus próprios negócios.

Devido a pandemia de COVID-19 após 5 anos de programa em 2020 teremos a versão 100% digital que contará com as parcerias das instituições Diver.SSA, FA.VELA e Instituto GUETTO  que estão responsáveis pelas apresentações de workshops sobre empreendedorismo e desenvolvimento de carreira.

Desde a divulgação do projeto há uma semana, mais de 4 mil pessoas já se inscreveram. Os interessados ainda podem se inscrever até 8 de setembro clicando aqui

O programa será realizado por meio de aulas ao vivo (via livestream), que incluirão exercícios teóricos e práticos sobre desenvolvimento e gerenciamento de anúncios no Google Ads – Rede de Pesquisa.

Ao final do curso o currículo profissional dos alunos serão compartilhados com empresas e agências parceiras do projeto, de forma que aumenta as chances da colocação no mercado de trabalho.

Outras iniciativas do Google

As ondas de manifestações e debates antirracistas que movimentaram o ano de 2020 levaram as grandes empresas a repensarem seus lugares na luta contra o racismo. Com isso, em comprometimento com a causa o Google lançou o site de compromissos com a igualdade racial, onde é divulgado os esforços da empresa ao redor do mundo na luta contra o racismo estrutural. No site é anunciado as medidas tomadas para mudar essa realidade dentro da companhia e fora dela. Algumas delas foram:

O apoio de R$ 2,5 milhões destinados a organizações não governamentais brasileiras focadas em projetos relacionados à justiça racial e em garantir um ambiente seguro para pessoas negras no país

E o fundo de R$ 5 milhões para startups fundadas e lideradas por empreendedores negros no Brasil

E a divulgação do Manifesto #CoisaDePreto, pela valorização do Afroempreendedor pelas redes sociais da marca.

Comments