TROCATROCA chega à 3ª edição e discute masculinidades conscientes com a participação de terapeuta tântrico do Moçambique

0
325
Foto: Anand Akshar

Com o objetivo de mobilizar discussões sobre masculinidades, por meio das perspectivas de homens pretos plurais, refletindo com o público sobre as condições, contribuições e lugares desses homens na sociedade e nas discussões de gênero, o fotografo e influenciador digital, Roger Cipó, idealizou o “TROCATROCA“, ele também será o mediador, a produção é de Kety Kim Farafina.

O evento é gratuito e será no dia 10 de outubro, a partir das 20h, na Aparelha Luzia, em São Paulo. O projeto apresenta o formato de talk show, público e convidados interagem sobre temas como afetividade, saúde mental, sexualidade, mercado de trabalho, arte, intelectualidade, violência, entre outros.

Não é uma roda exclusiva para homens e nem é uma palestra. É um espaço de troca que reúne gente interessada na discussão, democratizando a discussão e considerando diferentes vivências e pensamentos sobre o tema. Na edição de outubro, TROCATROCA ganha ares interestaduais e internacional“, diz a nota sobre o evento.

Entre os convidados desta edição estão: o jornalista e escritor Airan Balbino, de Porto Alegre, membro do coletivo Miltons e um dos autores livro coletânea “Diálogos Contemporâneos sobre Homens Negros e Masculinidades” (organizado por Rolf Malungo e Henrique Restier, duas das principais referências nacionais nesse debate); O baiano Rajan Irineu, terapeuta sensorial e tântra; de São Paulo: o babalorixá e professor Daniel de Oxaguian e o músico, produtor e multi-instrumentista Melvin Santana; o carioca e membro do coletivo Ilê dos Irmãos, Marcus Lobo; e de Maputo, no Moçambique, o terapeuta tântrico Anand Akshar, que desenvolve um trabalho sobre masculinidades conscientes, em seu país.

 

Comments

Comentários