Três Super Heroínas para inspirar crianças e mulheres pretas

0
1120

Uma personagem negra não é apenas ficção, mas uma oportunidade de consolidar referências de poder e liberdade para meninas e mulheres negras

O mundo dos super-heróis pode comportar infinita gama de possibilidades, em um universo que tanto pode mergulhar em histórias pueris como podem causar profundo impacto na cultura pop e na forma como o público se relaciona com a obra e consigo mesmo. Uma criança negra pode crescer admirando grandes histórias de Batman, Superman e Mulher Maravilha, mas sem nunca conseguir se identificar 100% com aqueles personagens.

Heróis e heroínas que possuem a mesma cor de pele tem um poder imenso de forjar no inconsciente referências de poder e confiança. Para começar a mergulhar nesse universo de fantasia cheio de representatividade, iremos conhecer três grandes heroínas negras para inspirar meninas e mulheres.

Ororo — Tempestade

Tempestade

Ororo Munroe é a super heroína negra mais conhecida e de maior impacto na cultura pop. Uma das líderes dos X-Men, Tempestade possui poder sobre o clima e é uma das mutantes mais poderosas do Universo Marvel.

Filha de uma princesa do Quênia, Ororo sempre volta à África para ajudar tribos locais ou encontrar-se com sua ancestralidade. Inclusive já foi esposa do príncipe Tchalla, o Pantera Negra, formando um dos casais mais poderosos dos quadrinhos!

Tempestade, além de liderar os X-Men, já foi membro do Quarteto Fantástico e dos Vingadores. No cinema foi interpretada por Halle Berry na primeira trilogia de filmes dos mutantes.

Jamais se lista grandes heroínas Marvel sem que Tempestade não esteja entre as mais populares e poderosas.

Núbia/ Nu’Bia 

Núbia

Em 1973 surge a primeira super heroína negra da DC Comics: Núbia nasceu como a irmã gêmea de Diana, a Mulher Maravilha mais conhecida, mas ao contrário de sua irmã, Núbia foi feita do barro mais escuro e sendo criada em uma ilha diferente, onde só havia homens, aprendeu técnicas de guerra, chegando a enfrentar e subjugar a princesa Diana.

Ela possui super força, agilidade, conhecimento e inteligência acima da média.

Se a Mulher Maravilha mais conhecida tem um laço mágico, nossa heroína negra possui uma espada que invalida os poderes desse laço.

Durante anos a personagem foi esquecida, mas em 2021 voltou a estrelar sua própria revista na série “DC Future State”, que traz Núbia como uma das protagonistas da saga.

Quando uma criança negra quiser se fantasiar de Mulher Maravilha, mostre a Núbia para ela e veja seus olhos brilharem.

Estelar

Ana Diop como a Estelar em Jovens Titãs

Isso pode ser um pouco polêmico, já que a alienígena Estelar possui a pele laranja. Acontece que na série ela é interpretada por Ana Diop, que possui a pele negra, o que causou um movimento negativo por parte da comunidade nerd. Acontece que, ao contrário das recentes versões em desenho, a Estelar tinha o visual que lembrava muito as cantoras negras da época.

Duvida? Olhe aqui uma imagem da fase mais popular da personagem:

Cabelos volumosos e crespos, lábios grossos, bem longe da idealização dos nerds de hoje.

Estelar possui força sobre-humana, voo, dispara raios de energia pelas mãos e é uma das fundadoras dos Titãs e Jovens Titãs.

Há outras heroínas incríveis que merecem um tratamento melhor da indústria como a Vixen ou a Coração de Ferro, mas as três citadas acima são líderes naturais ou fundadoras de suas equipes, além de não serem meras escadas para personagens masculinos ou versões deles.

Comments