Sesc Parque Dom Pedro II abre programação especial sobre a Consciência Negra com dança, shows, bate-papos e oficinas

0
1194

Iniciando o mês de novembro com uma programação variada, que traz shows, dança, bate-papos e oficinas, o Sesc Parque Dom Pedro II apresenta uma grade de atividades no projeto “Consciência Negra – Presenças e Resistências“, que acontece de 15 a 25 de novembro.

No dia 17 de novembro, a partir das 16h, se apresentam DJ KL Jay e DJ Claudio Costa, em seguida, Vanessa da Mata, com o show “Caixinha de Música“. Já a oficina “Cantos e Batuques do Congado Mineiro“, com Mestre Malaquias, será no dia 25 de novembro, às 10h30. Entre os convidados estão acadêmicos e representantes de coletivos, que vão trazer diversos olhares e camadas sobre temas da consciência negra.

Confira a programação completa:

Jornalismo, encarceramento em massa e o extermínio da juventude negra – 15/11, às 13h30. Local: Praça Lúdica. Convidadas: Débora Silva (Mães de Maio) e Dina Alves (IBCCRIM), mediação de Maria Teresa Cruz (Ponte Jornalismo)

Histórias contadas ontem, hoje e daqui por diante” – 17/11, às 14h. Local: Praça Lúdica. Convidados: Oswaldo de Camargo (escritor e poeta) e Fernanda Miranda (doutora em literatura USP) com mediação de Paloma Vasconcelos (Ponte Jornalismo)

Luta antirracista é também tarefa de branco” – 24/11, às 13h30. Local: Tenda Arquibancada. Convidados: Bruno D”Angelo (Story Teller) e Lia Vainer Schumman (doutora em Psicologia Social) com mediação de Silvia Nascimento (site Mundo Negro)

Cantos e Batuques do Congado Mineiro“, Oficina com Mestre Malaquias. 25/11, às 10h30. Local: Tenda Arquibancada. Inscrições gratuitas na Central de Atendimento – Vagas limitadas.

O público é convidado a experimentar práticas rítmicas, cantos e danças tradicionais do congado mineiro e aprender sobre cada instrumento ligado ao Moçambique Estrela Guia, além de desenvolver diálogos verbais, corporais e rítmicos relacionados ao congado e praticar improvisos de versos.  

Terno Moçambique Estrela Guia” – 25/11, às 16h. Local: Praça Lúdica.

O Terno Moçambique Estrela Guia, para além de bater caixas no dia da festa de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, trabalha a cultura do congado o ano todo com crianças e adolescentes, através das atividades do Centro Cultural Estrela Guia, o primeiro na cidade de Uberlândia. Nesta apresentação, Terno Moçambique Estrela Guia apresenta a cultura do Congado.

DJ KL Jay e DJ Claudio Costa – “Vozes das Periferias – A Cultura dos Bailes Blacks” – 15/11, às 16h. Local: Tenda Arquibancada.

Com mais de 30 anos de carreira e um acervo com cerca de 8.000 discos KL Jay, nome artístico de Kleber Geraldo Lelis Simões é uma das referências no país na discotecagem e mixagem. Integrante do grupo de rap Racionais MC’s, cabe a ele a criação das bases, as batidas que acompanham o canto, dando o ritmo certo para as músicas cantadas.

Vanessa da Mata – Caixinha de Música – 17/11, às 18h. Local: Palco.

A cantora apresenta o show “Caixinha de Música”, que conta com novas composições, além de sucessos da sua carreira. A apresentação conta com direção musical do guitarrista Maurício Pacheco, reunindo três novas canções da cantora e compositora mato-grossense.

Filafro Pop Orquestra – 18/11, às 16h. Local: Palco.

A Filafro Pop Orquestra é regida pelo maestro Josoé Polia. O concerto reúne obras de Chiquinha Gonzaga, Ignacio Cervantes e Ernesto Lecuona; arranjos improvisos e composições modernas de Josoé Polia que recriam o frevo, o baião, a canção, dentre outros gêneros.

Bloco Afro Afirmativo Ilu Inã – 20/11, às 15h. Local: Palco.

É uma idealização de Fernando Alabê e Fefê Camilo, ambos artistas e educadores ligados as artes de identidade negra em São Paulo, que criaram o bloco pela necessidade desta parcela significativa da população ser vista junta, unida, criativa e movimentadora.

DJ Hum e Tio FreshVozes das Periferias – “A Cultura dos Bailes Blacks” – 20/11, às 16h. Local: Tenda Arquibancada.

DJ Hum utiliza o toca discos como instrumento musical criando uma atmosfera vintage, inovadora e atual. No repertório releituras de clássicos da música negra nacional, Samba Rock, Grooves instrumentais, Disco Music, JazzFunky dos anos 70, além de sucessos de sua carreira.

Tio Fresh é MC e DJ, uma das referências do movimento Hip Hop. Foi Dj do Grupo MRN, e do Grupo SP Funk. Trabalhou com Thaide e DJ Hum, Sabotage, RZO, Planet Hemp, Funk Como Le Gusta, Paula Lima, Seu Jorge e Rappin Hood entre outros. Com seu estilo inovador, rimas improvisadas e voz forte marcou e serviu como referência pra toda uma geração de Rappers e MCs de todo o Brasil.

Comments

Comentários