Debate sobre raça no Brasil é tema de evento na Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro

0
Debate sobre raça no Brasil é tema de evento na Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro

A Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro, em razão do mês da Consciência Negra, traz a discussão sobre raça no debate público no Brasil e o impacto das hierarquias raciais nos processos de subjetivação dos brasileiros.  Os temas são das palestras que o intelectual e militante do movimento negro, Carlos Alberto Medeiros e a psicóloga Deborah Medeiros, irão ceder no dia 21 de novembro, às 21 horas. As apresentações serão seguidas de debates e já são uma tradição na SBPRJ.

Doutorando em História Comparada (IFCS/UFRJ), mestre em Ciências Jurídicas e Sociais (UFF) e graduado em Comunicação e Editoração (ECO/UFRJ), Carlos Alberto Medeiros é o tradutor de A Autobiografia de Martin Luther King, além de mais de vinte livros de Zygmunt Bauman. De acordo com ele, por muito tempo evitada sob o argumento de ser desnecessária ou mesmo perigosa, a discussão sobre raça é hoje um dos temas mais presentes no debate público no Brasil.

Minha exposição tem por objetivo não apenas apresentar a forma como ela se trava nas instâncias públicas e privadas, mas também suas causas e consequências, assim como as ameaças aos avanços obtidos nessa área em tempos de retrocesso político-ideológico”, adianta.

Para Deborah Medeiros, psicóloga graduada pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), psicoterapeuta e palestrante sobre temas relacionados à psicologia social do racismo, à branquitude e ao impacto das hierarquias raciais nos processos de subjetivação dos brasileiros, a ideia de superioridade racial dos brancos, seja do ponto de vista cultural, religioso ou estético, se sustenta ainda no século XXI no imaginário dos brasileiros.

Apesar de encontrar grande resistência, a psicologia social tem conseguido capilarizar a discussão sobre raça nos meios acadêmicos, contrapondo-se ao silenciamento sobre o tema. Vou propor reflexões sobre o impacto das hierarquias raciais nos processos de subjetivação, considerando o racismo um elemento estruturante da sociedade brasileira”, comenta.

O evento é realizado pelo Conselho Científico da SBPRJ, a atividade é aberta ao público, mediante inscrição e pagamento de taxa de manutenção de R$ 20,00. Informações e inscrições por email (sbprj@sbprj.org.br) ou telefone (2534-1115). A SBPRJ fica na Rua David Campista, 80, no Humaitá.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display