Em carta aberta publicada na revista Vogue nesta terça-feira (9), a estrela do tênis Serena Williams, anunciou que vai deixar o esporte de lado após encerrar o torneio de tênis US Open. “Nunca gostei da palavra aposentadoria. Não me parece uma palavra moderna”, explica. No texto, ela diz que o quanto a filha Olympia, de 5 anos, tem pedido por uma uma irmã mais nova e deixado Serena reflexiva, sendo a caçula de cinco irmãs, e considerá-las suas heroínas.

“Acredite, eu nunca quis ter que escolher entre o tênis e uma família. Não acho justo. Se eu fosse um cara, não estaria escrevendo isso porque estaria lá jogando e ganhando enquanto minha esposa fazia o trabalho físico de expandir nossa família. Talvez eu fosse mais um Tom Brady se tivesse essa oportunidade. Não me entenda mal: eu amo ser mulher e amei cada segundo de estar grávida de Olympia”, pontua.

“Eu era uma daquelas mulheres chatas que adoravam estar grávidas e trabalhavam até o dia em que tive que me apresentar no hospital – embora as coisas tenham ficado super complicadas do outro lado. E quase fiz o impossível: muitas pessoas não percebem que eu estava grávida de dois meses quando venci o Aberto da Austrália em 2017. Mas estou completando 41 anos este mês, e algo tem que acontecer”, completa.

“Tenho relutado em admitir que tenho que deixar de jogar tênis. É como um tema tabu. Ele vem, e eu começo a chorar. Acho que a única pessoa com quem realmente fui lá foi meu terapeuta”, diz Serena.

Foto: Luis Alberto Rodriguez / Vogue

A tenista explica como tem refletido nesse momento, sem dizer a palavra “aposentadoria”: “Tenho pensado nisso como uma transição, mas quero ser sensível sobre como uso essa palavra, que significa algo muito específico e importante para uma comunidade de pessoas. Talvez a melhor palavra para descrever o que estou fazendo seja evolução. Estou aqui para dizer que estou evoluindo do tênis para outras coisas que são importantes para mim. Há alguns anos, comecei discretamente a Serena Ventures, uma empresa de capital de risco. Logo depois disso, eu comecei uma família. Eu quero crescer essa família”.

No Instagram, Serena compartilhou as fotografias feitas para a Vogue e escreveu: “Chega um momento na vida em que temos que decidir seguir uma direção diferente. Esse momento é sempre difícil quando você ama tanto algo. Meu Deus, eu gosto de tênis. Mas agora, a contagem regressiva começou. Eu tenho que me concentrar em ser mãe, meus objetivos espirituais e finalmente descobrir uma Serena diferente, mas emocionante. Vou saborear estas próximas semanas”.

Nesta segunda-feira (8), Serena teve sua primeira vitória na partida de tênis, pela primeira ronda do torneio de Toronto, contra a espanhola Nuria Parrizas. Ela não ganhava uma partida desde junho de 2021. Ao longo da carreira, a estrela conquistou 72 títulos na carreira, marca superada somente por quatro tenistas. Atualmente é considerada a número 9 do mundo e já chegou a ser considerado a número 1

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments