São Paulo Diverso: prefeitura de SP faz parcerias para incluir negro no mercado de trabalho

0
885

A população negra da capital paulista tem agora mais uma ferramenta para acessar vagas de trabalho qualificadas. O portal São Paulo Diverso, desenvolvido em parceria entre Prefeitura, Microsoft e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), oferece informações e ferramentas virtuais para aproximar trabalhadores afrodescendentes e empresas que possuem programas afirmativos. O objetivo é facilitar a inclusão racial no mercado de trabalho por meio da divulgação de oportunidades de emprego e qualificação profissional.

Além da divulgação de oportunidades, a plataforma reúne informações demográficas sobre a população afrodescendente na Capital, com dados sobre distribuição de renda, gênero, idade e local de moradia. A ideia é que esse levantamento auxilie as empresas a formatar seus programas de diversidade na cidade.

Tanto trabalhadores como empresas são convidados a se cadastrar no portal, para troca de informações sobre programas, vagas e oportunidades. A plataforma também aproximará candidatos e empresas por meio da Comunidade SP Diverso na rede social LinkedIn, voltada para contatos profissionais.  “O fundamental é divulgar as empresas que possuem ações afirmativas, porque as pessoas não sabem que esses programas existem. Queremos encurtar a distância entre o negro e o mercado de trabalho”, disse o secretário Maurício Pestana (Igualdade Racial).

 Negro no mercado de trabalho

Segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego, em São Paulo um cidadão negro recebe renda média domiciliar até 2,5 vezes menor do que um cidadão branco, além de ter menos acesso ao emprego formal –representam 32,5% dos empregados, enquanto o percentual entre a população branca é 66,3%. Afrodescendentes ocupam apenas 3% dos cargos ligados a chefia ou gerência e, mesmo quando apresentam igual nível de escolaridade, recebem 31,5% (homens) e 37,5% (mulheres) menos que pessoas da cor branca na mesma ocupação.

 Parceria

A ideia de desenvolver uma ferramenta de aproximação entre empresas e a população negra nasceu a partir do diálogo entre setor público e privado, no primeiro evento do São Paulo Diverso – Fórum de Desenvolvimento Econômico Inclusivo, realizado em outubro de 2014. O encontro reuniu 132 empresas, sendo 70 multinacionais, para a troca de experiências sobre ações de inclusão. Nos debates, a iniciativa privada revelou a dificuldade das empresas em localizar candidatos afrodescendentes para seus postos mais qualificados. A parceria entre a Prefeitura e empresários foi uma iniciativa pioneira na América Latina, e o modelo será reproduzido em outros países pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de São Paulo.

Comments

Comentários