Através das redes sociais, a atriz Carol Nakamura revelou que seu filho adotivo, Wallace, decidiu retornar para os cuidados da mãe biológica. Em vídeo, ela compartilhou com seus seguidores alguns fatos envolvendo a história com a criança. Utilizando os termos ‘safado’ e ‘sem vergonha’ para se referir ao menino, a atriz não poupou críticas. “Sempre foi muito amado e ele tem consciência disso. Ele tem uma mãe biológica. Uma criança que cresce sem regra, é muito difícil”, começou ela.

Carol Nakamura quando conheceu Wallace. Foto: Reprodução/Instagram.

“Por mais que você mostre os benefícios da educação, alfabetização, ter uma família, casa, oportunidades, o que ele não tinha antes, é complicado e decepcionante. Não estava acreditando que isso ia acontecer”, disse Nakamura. “Tive que respeitar a vontade dele. Wallace estava safado. Ele já tinha entendido que eu não tinha a guarda dele. Se a gente brigasse ou colocasse de castigo ou chamasse a atenção, ele queria ir para a casa da mãe. E se a mãe fizesse o mesmo, ele vinha para cá. E nisso, faltando na aula. Sem vergonha. A gente sempre sentou e conversou demais, mas infelizmente, foi isso. Já chorei, fiquei sem entender, mas não adianta. O que me resta é aceitar. É um assunto que me incomoda muito. Fiquei me perguntando: onde errei, o que fiz de errado?”

Durante três anos, Carol tinha a guarda provisória do menino, que foi morar com ela e seu marido Guilherme Leonel. Através do Instagram, Nakamura compartilhou uma série de fotos apresentando o dia em que conheceu Wallace. O encontro aconteceu no final de 2019, quando ela e o marido se aproximaram do menino no Jardim Gramacho, no Rio de Janeiro.

Carol Nakamura, Wallace e Guilherme Leonel. Foto: Reprodução/Instagram.

“Eu amo o Wallace, mas ele tem 12 anos. Perante a Justiça, a palavra dele já vale. Não tenho a guarda dele. Me prometeram várias vezes e não me deram. Eu tinha acabado de renovar a lista de material, fiz ele escolher os cadernos. Quando eu era mais nova, não tinha grana, era tudo muito básico. Deixei ele escolher tudo e foi isso… Comprei uniforme… É triste“, disse a artista.

Nas redes sociais, a atitude de Carol Nakamura foi criticada. Usuários relataram a forma como o menino de 12 anos foi exposto nas redes e os termos associados a ele. “A forma como o casal culpabiliza o menino de 12 anos – uma criança! – que decidiu voltar para a mãe biológica é bizarra demais“, escreveu uma usuária.

“Contra minha vontade fiquei sabendo do role da Carol Nakamura com o filho adotivo E QUE NOJO a maneira como ela falou do menino, falando os bens materiais que deu ao menino e insinuando que ele não deu valor QUE HORROR”, escreveu outra usuária nas redes.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments