Rodrigo França é o Papai Noel da ONG Favela Mundo

0
333
Foto: Favela Mundo CDD Natal

A festa mais esperada do ano chega em formato virtual em virtude da pandemia do covid-19, mais de 900 crianças e jovens eram esperados para o envento presencial, mas neste ano muitas outras pessoas poderão se divertir no formato on-line do evento e quem participar das brincadeiras pode ganhar livros em suas casas.

No dia 19 de dezembro, o Papai Noel Negro da ONG Favela Mundo, o dramaturgo, ator e roteirista Rodrigo França, chegará aos lares de forma on-line, por meio do Facebook e do Youtube da entidade. O “Bom Velhinho” presenteará com livros quem participar das brincadeiras e ainda tem mais: Ana e Jujuba; Patrick, o Mágico e a galera do Ih, Contei! estarão junto levando mágicas, brincadeiras, histórias e músicas. 

Para participar, a criançada e os jovens precisam acessar as redes sociais da ONG Favela Mundo, às 10h, para sintonizar-se com Papai Noel e sua turma. 

O fundador da ONG Favela Mundo, Marcello Andriotti falou sobre a oportunidade de manter viva as tradições do natal “Esse é o terceiro ano que temos o prazer de ter Rodrigo França como Papai Noel e a identificação das crianças é incrível. Tivemos que adaptar a festa que estava sendo preparada para mais de 900 alunos da Cidade de Deus, Caju e Jacarezinho, mas vamos garantir, de forma on-line, uma maneira de unir as famílias nesta data tão importante. Além disso, conseguimos preservar o lado lúdico dos pequenos”.

O Projeto Favela Mundo é patrocinado pelo ICTSIRIO, Lamsa e MetrôRio, e apoiado pelo Instituto Invepar, Secretaria Municipal de Cultura e Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro.

Sobre a ONG:

Fundada em setembro de 2010, a Favela Mundo passou por 12 comunidades e beneficiou 6.129 crianças e adolescentes. A ONG tem em seu currículo o reconhecimento de “Modelo de Inclusão Social nas Grandes Cidades”, concedido pela ONU em 2014, no World Cities Day, em Nova York, além de representar nosso país em outros eventos nos Estados Unidos, Canadá, México, Cuba e Marrocos.

Comments