Raven-Symoné recusou que sua personagem fosse lésbica: “Não havia razão para mudar quem ela era”

0
Raven-Symoné recusou que sua personagem fosse lésbica: “Não havia razão para mudar quem ela era”
Foto: Chance Yeh/WireImage

Em uma participação recente no podcast ‘Pride’, de Levi Chambers, a atriz Raven-Symoné, de ‘A Casa da Raven’ revelou que foi questionada pela Disney se ela queria que a personagem fosse lésbica – o que ela recusou.

A artista de 35 anos, que se assumiu lésbica em 2013, explicou que “não havia razão para eu mudar a humana que ela era para se encaixar na atriz que a interpretou. Raven Baxter é uma personagem que eu tive orgulho de interpretar, mesmo que ela seja heterossexual ou cisgênero; eu não me importo. Deixe que ela tenha o seu momento”, disse a atriz, reforçando que não é porque a atriz é LGBTQIA+ que sua personagem tem que ser.

“Eu não queria mudar quem ela era. Quando você realmente começa a misturar seu eu pessoal com o seu caráter, é ainda mais difícil. Tipo, eu sou estereotipada para o resto da minha vida. Você sabe o que quero dizer? Se você alguma vez me ver em outro personagem, você vê Raven Baxter, e é exatamente isso que o negócio é”, disse.

Em ‘As Visões da Raven’, Raven Baxter é uma jovem que tem visões do futuro – um dom que a acaba colocando em diversas situações cômicas. Ela mantém esse poder em ‘A Casa da Raven’; mas, no spinoff, ela é uma mãe solo que divide um apartamento em Chicago com sua melhor amiga, Chelsea (Anneliese van der Pol) e os filhos delas.

Raven-Symoné está casada com Miranda Pearman-Maday desde junho de 2020.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display