Criola lança novas plataformas online para combater o racismo e incentivar à educação das mulheres negras oferecendo até bolsa de estudos nos EUA

0
2358

A ONG Criola  ganhou destaque na imprensa internacional com o projeto “Racismo Virtual, consequências reais” , que localiza o local de onde são postados os ataques racistas, por meio de uma ferramenta chamada GeoTag e em parceria com empresas, a entidade instala outdoors (bem grandes) com os prints das mensagens publicadas, próximo à residência do criminoso.

Português — Racismo virtual consequências reais

Alyne” e “Multiversidade Criola online” são os mais recentes lançamentos da ONG, sediada no Rio de Janeiro que foca suas ações em defesa dos direitos das mulheres negras.

“Trazemos para Internet a discussão do lugar da mulher negra na tradição afro-brasileira e por meio da nova plataforma Alyne, discutimos a defesa dos direitos delas”, explica Lucia Xavier, Coordenadora da Criola.

O projeto “Alyne”, foi inspirado na história de Alyne da Silva Pimentel Teixeira, uma jovem negra de 28 anos, da Baixada Fluminense, que em 2002 perdeu o bebê durante a gestação e também morreu, depois de esperar por 7 horas para a remoção do feto morto e sofrer com sérias complicações pós-cirúrgicas em um hospital do Sistema Único de Saúde.

Alyne: vítima de negligência médica em hospital do SUS, em 2002

Nessa site, que Lucia define como “plataforma”, a ONG pretende contribuir para mobilização e a qualificação de mulheres negras para a defesa de seus direitos e para um monitoramento eficiente das práticas, ações e políticas de atenção à saúde das mulheres e de garantia dos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres negras.

Alyne Em defesa das mulheres negras

Na seção #nuncamais do portal, é possível conhecer histórias de mulheres que foram vítimas de racismo, violência física, verbal e sexual e intolerância religiosa. Personagens que não tiveram destaque na grande imprensa. “Queremos que outras mulheres compartilhem suas histórias com a gente e elas serão publicadas na plataforma”, comenta Xavier.

Multiversidade oferece bolsa de estudos no Texas 

Por meio de cursos livres, treinamentos dirigidos à ativistas, profissionais e gestores de políticas públicas a plataforma Multiversidade tem como proposta empoderar mulheres negras por meio do conhecimento.

Em parceria com a Universidade do Texas, o projeto vai oferecer bolsas de estudos fora do país. O site também será usado como um banco online de informações acadêmicas disponibilizando gratuitamente livros, guias, boletins, artigos, dissertações e teses. Cursos de Inglês e Mestrado em Relações Étnico Raciais também compõe o projeto Multiversidade.

Mais informações:

Criola
Avenida Presidente Vargas 482, sobreloja 203, Centro. Rio de Janeiro – RJ.
Telefone: (55 21) 2518-7964
Site: www.criola.org.br  E-mail: criola@criola.org.br
Facebook: https://www.facebook.com/Criola

Demais portais:
Racismo Virtual Consequências Reais  – Alyne  – Multiversidade

Comments