Projeto de Lei para proibir campanhas publicitárias com pessoas LGBTQIA+ aguarda votação na Alesp

0
1506
Foto: Reprodução/Natura

O projeto para proibir campanhas publicitárias com pessoas LGBTQIA+ aguarda votação nesta terça-feira (20), na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), o projeto de lei visa proibir a veiculação de campanhas com pessoas LGBTQIA+ ou famílias homoafetivas em todo o estado de São Paulo.

A deputada estadual Marta Costa (PSD) é a autora do projeto de lei que de acordo com o texto “proíbe a publicidade, através de qualquer veículo de comunicação e mídia de material que contenha alusão a preferências sexuais e movimentos sobre diversidade sexual relacionados a crianças no Estado”.

O projeto aguarda por aprovação e se aprovado, fica proibida a transmissão de campanhas que promova a diversidade sexual no estado de São Paulo.  Marcas como Boticário, Riachuello, Gol, Sonho de Valsa, Banco do Brasil, Coca-cola e Mc Donalds que já lançaram propagandas com casais homoafetivos, não poderiam repetir as propostas de campanha.

Comments