Professor Charles Omoregie sofre racismo por parte de seguranças do Shopping Pátio Paulista em SP

0
Professor Charles Omoregie  sofre racismo por parte de seguranças do Shopping Pátio Paulista em SP

O professor, fotógrafo e colunista do site Meio&Mensagem, Charles Omoregie, postou um desabafo em seu perfil do Linkedin  relatando ter sido alvo de racismo por parte de seguranças do Shopping Pátio Paulista,localizado nobairro Bela Vista, centro da capital. O shopping é gerido pela Ancar Ivanhoe Shopping Centers, empresa responsável pela gestão de vários shoppings pelo país. Segundo Charles, hoje, por volta de 6h30, os seguranças questionaram o que ele estaria fazendo ali tão cedo. Homem negro, usando tranças e recebendo o mesmo questionamento diariamente por ir treinar na academia localizada no shopping, questionou de volta “o que uma pessoa com roupa de treino estaria fazendo ali?” Recebeu de volta dos seguranças a resposta: “Já assaltaram o Shopping até de chuteira”.

Imagem: Instagram/Charles Omoregie

O professor disse não ver o mesmo comportamento dos seguranças com pessoas brancas. “Pedi pra falar com a administração, e me disseram que eu teria que aguardar até às 10:00h. Além de terem sido extremamente rudes. Me pergunto, se caso a cor da minha pele fosse diferente o tratamento também seria. Mas já sei a resposta”, escreveu

Na postagem, a Ancar Ivanhoe Shopping Centers respondeu ao professor dizendo que  a situação exposta por Charles não faz parte dos valores da empresa.  “Não toleramos nenhuma forma de discriminação na nossa empresa. Por isso, temos um Comitê de Diversidade & Inclusão focado em desenvolver ações efetivas de mitigação de qualquer forma de preconceito, começando por treinamentos sobre inclusão, ministrados por especialistas no assunto, para que todos nossos colaboradores e terceirizados sejam multiplicadores dos nossos valores”, escreveu a empresa, que pediu o contato do colunista para uma conversa privada.

Abaixo o desabafo completo de Charles Omoregie:

“Eu cansei. Na verdade, estou exausto.

Hoje pela manhã, às 06:30h da manhã fui alvo de racismo, e digo alvo porque me recuso a ser uma vítima.

Todos os dias pela manhã treino na Bodytech Company localizada no Shopping Pátio Paulista da Ancar Ivanhoe Shopping Centers, e constantemente sou questionado sobre o que estou fazendo no Shopping pelos seguranças, apesar da roupa de treino. O curioso é que o mesmo não acontece com pessoas brancas”

Hoje eu cansei, e perguntei ao segurança o que eu estaria fazendo ali às 6:30h da manhã com roupas de treino, e ele me respondeu: “Já assaltaram o Shopping até de chuteira”. Pedi pra falar com a administração, e me disseram que eu teria que aguardar até às 10:00h. Além de terem sido extremamente rudes. Me pergunto, se caso a cor da minha pele fosse diferente o tratamento também seria. Mas já sei a resposta.

À primeira vista, pode parecer uma pergunta inofensiva: O que você está fazendo aqui? Mas ela guarda uma agressão tremenda, ela te estilhaça por dentro. Quando estou no embarque preferencial do aeroporto, me perguntam:

– O que você está fazendo aí? Esse é aí o embarque preferencial.

Quando estou em um loja de roupas qualquer me perguntam:

– Como assim você não sabe onde tem tamanho P? Então o que você está fazendo aqui? Você não é vendedor?

E agora à minha lista soma-se o Shopping Pátio Paulista.

Eu estou cansado, eu estou exausto.

E apesar de poder mentir para mim, e dizer que é só coisa da minha cabeça, prefiro me posicionar antes que a moda dos Supermercados se estenda aos Shoppings e asfixie minha presença, literalmente”.

O Site Mundo Negro tentou contato com a administração do Shopping Pátio Paulista. Segundo a pessoa que nos atendeu, a responsável por dar declarações não se encontrava e retornaria ao site. Diante de novas informações atualizaremos a matéria.

Atualização: O Shopping Pátio Paulista entrou em contato com a redação para se posicionar sobre o ocorrido.Confira a nota abaixo:

“O Shopping Pátio Paulista esclarece que repudia e não compactua com nenhuma forma de discriminação e, prontamente, iniciou um processo de investigação para apurar o ocorrido. O shopping reforça que
possui um Comitê de Diversidade & Inclusão instituído para que sejam desenvolvidas ações efetivas de mitigação de qualquer forma de preconceito, começando por treinamentos sobre inclusão, ministrados por especialistas no assunto, para que todos colaboradores e terceirizados sejam multiplicadores dos valores do grupo.
O empreendimento ressalta que já contatou o cliente, prestou os devidos esclarecimentos e reforçará medidas para que outras situações dessa natureza não se repitam”.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display