Primeira boneca negra dos EUA entra para o “Hall da fama dos brinquedos”

0
1292
Foto: Divulgação

Criada em 1968, Baby Nancy a primeira boneca negra de cabelos crespos e traços negroides entrou no National Toy Hall of Fame na última quinta-feira, junto com giz de calçada e o jogo de blocos de madeira Jenga. Essa homenagem leva em consideração a criatividade e popularidade ao longo dos anos.

Os brinquedos foram escolhidos por um painel de especialistas entre 12 finalistas que também incluíram bingo, Breyer Horses, Lite-Brite, Masters of the Universe, My Little Pony, Risk, Sorry !, Tamagotchi e Yahtzee.

Baby Nancy foi a primeira boneca da Shindana Toys, uma empresa da Califórnia lançada em 1968 pela Operation Bootstrap Inc., a organização de filantrópica da comunidade negra sem fins lucrativos que surgiu após os distúrbios de Watts em Los Angeles.

No Dia de Ação de Graças, no ano de sua inauguração Baby Nancy era a boneca negra mais vendida em Los Angeles e, antes do Natal, ela já vendia em todo o país. De acordo com o National Toy Hall of Fame, localizado no museu The Strong em Rochester, Nova York, o brinquedo mostrou que havia uma grande necessidade de bonecos negros etnicamente corretos.

Infelizmente a Shindana Toys faliu em 1983, devido a uma crise financeira, mas a Baby Nancy ainda é muito reconhecida por revolucionar a indústria de brinquedos da época e levar representatividade para milhares de crianças durante as décadas de 60 e 70. “Ainda se destaca como uma boneca marcante que fez avanços comerciais e culturais”, disse a curadora Michelle Parnett-Dwyer em um comunicado à imprensa.

Os três novos homenageados estarão em exibição permanente no National Toy Hall of Fame, ao lado dos vencedores anteriores, que são Barbie e o Hula Hoop. 

Comments